News

Siemens disponibiliza impressoras 3D para produção de componentes médicos

0

Em resposta à atual crise de saúde global causada pelo surto de COVID-19, a Siemens disponibiliza à comunidade médica global sua rede de manufatura aditiva (MA), incluindo suas impressoras 3D, para agilizar os projetos e a produção de componentes médicos. A rede de MA conecta usuários, projetistas e provedores de serviços de impressão 3D, permitindo a produção mais rápida e menos complicada de peças de reposição para máquinas, como respiradores. A rede de MA da Siemens está disponível globalmente para toda a cadeia de valor, incluindo serviços de upload, simulação e verificação do projeto, além do processo de impressão e serviços associados.

Médicos, hospitais e organizações que precisam de dispositivos médicos, além de projetistas e provedores de serviços com capacidade de impressão e certificação médica, podem se registrar para obter acesso gratuito à rede de MA da Siemens. “Como trabalhamos na manufatura aditiva há anos, oferecemos soluções de MA para toda a cadeia de valor e a capacidade de imprimir peças 3D com rapidez para atender às demandas urgentes. Para ajudar a combater a COVID-19, disponibilizamos nossa rede de MA a hospitais e outras instituições de saúde que precisam de peças de reposição para equipamentos médicos; desta forma, podemos gerenciar com eficiência as solicitações de projetos e impressão”, disse Klaus Helmrich, membro do conselho de administração da Siemens AG e CEO da Siemens Digital Industries.

Os projetistas e engenheiros da Siemens fazem parte da rede de MA para atender às solicitações de projeto e ajudar a converter projetos em arquivos imprimíveis. Depois, esses componentes são gerados em impressoras 3D certificadas para fins médicos de empresas parceiras que também fazem parte da rede de MA. Além de inúmeras impressoras 3D de empresas parceiras, as máquinas de impressão 3D da Siemens também estão conectadas à rede e, conforme o caso, também serão usadas para imprimir localmente componentes e peças de reposição para equipamentos médicos. Além disso, outros provedores de serviços de impressão podem ser facilmente adicionados à rede de MA.

Rede Lucy Montoro passa a oferecer teleatendimento para pacientes

Artigo anterior

Covid19: montadora espanhola SEAT inicia produção de ventiladores de emergência

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais News