NewsNewsletter

Salux recebe investimentos de R$ 50 milhões e tem novo CEO

0

A Salux, healthtech especializada em gestão hospitalar com cerca de 25 anos de mercado, está dando um passo importante em sua estratégia de expansão. A empresa brasileira acaba de receber investimentos da ordem de 50 milhões e espera crescer 30%, em 2022. Para conduzir essa jornada e ajudar a reinventar a sua missão de melhorar a saúde através do uso da tecnologia,  a Salux trouxe para seu time Murilo Fernandes, que assume como CEO da empresa.

Os investimentos e a reestruturação visam  elevar ainda mais o patamar de inovação da Salux e aumentar o seu market share, posicionando a empresa definitivamente como uma alternativa inovadora, robusta e com melhor relação custo benefício do mercado. Atualmente são mais de 250 clientes espalhados por todo o Brasil.

Segundo Fabrício Avini, founder da Salux e também advisor estratégico de transformação digital da empresa, essa nova rodada de investimentos consiste em um passo importante no sentido de democratizar a excelência e fazer uma transformação na saúde, aspectos esses que fazem parte da missão da empresa desde o início de sua trajetória. “A Salux está em um momento muito positivo. Crescemos 20% no último ano e alcançamos não só eficiência operacional, como o reconhecimento dos clientes. Temos agora a oportunidade de dar continuidade ao que criamos e alavancar o nosso potencial e agregar valor à saúde”, enfatiza Avini.

Com uma visão holística do mercado e experiência de 20 anos na área da saúde, em especial, com tecnologia da informação, Fernandes entra para o time da Salux com a missão de nos próximos três anos dobrar o faturamento.  Além de ter atuado na gestão de negócios de diversas multinacionais.

“A Salux está pronta e precisa decolar. E, esse é o meu papel, sempre pautado na premissa de continuarmos sendo reconhecidos pela qualidade e inovação, que segue sendo conduzida pelo fundador da empresa. Somos uma healthtech e queremos solucionar problemas de saúde, em qualquer lugar do país, por meio da tecnologia. Essa é nossa função:  usar ferramentas a favor da saúde”, explica o novo CEO.

Desta forma, os recursos que foram levantados serão destinados à modernização e a adequar as já premiadas soluções da empresa para as atuais demandas de mercado. A empresa está apostando em uma plataforma na nuvem e também pretende investir em analytics, inteligência artificial, entre outras tecnologias capazes de agregar ainda mais valor à solução, além de aprimorar as  decisões clínicas e administrativas. Isso será feito tanto através de desenvolvimento interno como através de parcerias estratégicas que ajudem a endereçar os desafios do mercado.

De acordo com Fernandes, atualmente as empresas que desenvolvem sistema de gestão hospitalar, restringem sua atuação preferencialmente às suas soluções. A Salux quer atuar como um provedor completo e único que entrega tudo o que precisa: hardware, infraestrutura, profissionais especializados e inúmeros serviços gerenciados. “Nosso propósito é oferecer tecnologia e os meios para que os hospitais possam atingir melhores níveis de excelência e salvar vidas”, explica.

Devido ao grau de customização e flexibilidade das soluções da Salux – aderentes a  88% dos hospitais – o foco continua sendo instituições hospitalares de todos os portes. Porém, clínicas e hospitais especializados, com especificidades, rotinas e formulários  próprios também estão no radar.

Novo aplicativo opera como terapeuta digital

Artigo anterior

Startup voltada para o combate da insônia, Vigilantes do Sono, cresce 1100% no primeiro semestre

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais News