NewsNewsletter

Uber oferece viagens a pacientes em tratamento oncológico em 6 cidades brasileiras

0

A Abrale (Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia), Abrasta (Associação Brasileira de Talassemia) e a Uber anunciaram uma parceria para oferecer viagens a pacientes que estão em tratamento oncológico. Os pacientes terão direito a fazer viagens pela plataforma da Uber quando a origem ou o destino for um dos hospitais parceiros da associação e credenciados para a campanha.

A iniciativa, parte da campanha SOS Coronavírus, criada pela Abrale, será válida durante o mês de junho nas cidades de Campinas, Fortaleza, Goiânia, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Os pacientes terão direito a até 6 viagens com desconto de R$ 30 cada. Para ter acesso ao benefício, os usuários devem entrar em contato diretamente com o hospital participante. A lista completa dos centros de tratamentos e os contatos estão disponíveis em soscoronavirus.abrale.org.br .

“Sabemos as dificuldades que todos têm enfrentado por conta da COVID-19, mas interromper os protocolos terapêuticos não é opção para os pacientes oncológicos e da talassemia. Para nós, é gratificante podermos estar em uma parceria como esta, com a Uber, que irá ajudar milhares de pessoas a realizar seu tratamento com maior segurança”, diz Merula Steagall, presidente da Abrale.

Para Silvia Penna, gerente de operações da Uber no Brasil, a iniciativa se soma a outros esforços que a empresa tem feito no país durante a pandemia. “Desde o início da pandemia, a Uber tem apoiado as comunidades onde está inserida em diferentes frentes. A parceria com a Abrale é uma forma de ajudar na locomoção de um grupo que não pode interromper seu tratamento mesmo durante os tempos de Covid-19”.

A medida faz parte do compromisso anunciado pelo CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, de fornecer em todo o mundo 10 milhões de viagens e entregas de alimentos gratuitas para profissionais de saúde, idosos e pessoas em necessidade durante a pandemia.

Sobre a Abrale

A Associação Brasileira de Linfoma e Leucemia (Abrale) foi fundada por pacientes e familiares em 2002, com a missão de oferecer ajuda e mobilizar parceiros para que todas as pessoas com câncer do sangue no Brasil tenham acesso ao melhor tratamento. A atuação da associação é sustentada por quatro pilares: Apoio ao Paciente, Educação e Informação, Pesquisa e Monitoramento e Políticas Públicas.

Coordenação de cuidado retém 91% das pessoas em atendimentos sem precisar sair de casa

Artigo anterior

Hospital Alemão Oswaldo Cruz oferece cursos gratuitos para enfermagem durante pandemia

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais News