terça-feira, abril 23, 2024
Home Inovação Tecnologia ajuda no diagnóstico precoce do câncer de colo de útero

Tecnologia ajuda no diagnóstico precoce do câncer de colo de útero

por Redação
0 comentário

Criada para conscientizar as mulheres sobre a importância dos exames preventivos, a campanha Março Lilás tornou-se uma das mais importantes no combate ao câncer do colo do útero — o terceiro tipo de câncer mais comum entre elas, com incidência em cerca de 16 mil pessoas anualmente, segundo o Instituo Nacional de Câncer (Inca). A Samsung HME, divisão dedicada a soluções de saúde e bem-estar da empresa, aproveita o período para divulgar as inovações tecnológicas dos seus equipamentos que auxiliam os profissionais de saúde nos cuidados com a saúde das mulheres.

“A Samsung conta com equipamentos específicos para auxiliar na prevenção, controle, rastreio e diagnóstico precoces do câncer de colo de útero, doença que, se descoberta em sua fase inicial, conta com chances de cura de até 90%. Em especial, os aparelhos de ultrassom são grandes aliados de médicos e pacientes para garantir uma maior precisão e, consequentemente, uma melhora na qualidade de vida das pessoas. O ultrassom transvaginal, por exemplo, é um dos principais mecanismos diagnósticos para a verificação da presença de doenças ginecológicas graves, um exame de imagem no qual é possível investigar a presença de alterações que podem sugerir a presença de câncer de colo de útero”, diz Walter Brandstetter, gerente clínico da divisão de HME da Samsung Brasil.

A linha de aparelhos de ultrassom da Samsung oferece recursos para diagnóstico de doenças que acometem as mulheres, com destaque para os modelos HERA W10, HERA W9 e HS40, com foco em obstetrícia e ginecologia, além da família V (V7/V8), que combina qualidade de imagem a várias ferramentas de assistência inteligente baseadas em inteligência artificial (IA).

A empresa também dispõe de uma ferramenta de avaliação ginecológica IOTA-ADNEX, que tem como objetivo a classificação de tumores ovarianos e, com isso, ajuda no diagnóstico correto por meio do protocolo do grupo IOTA (grupo de análise internacional de tumor ovariano). Já o recurso S-Detect é uma tecnologia avançada que faz uso de algoritmos de IA para detecção de alterações na mama por meio de um banco de dados de características da lesão, o que torna o diagnóstico muito mais ágil e eficaz, servindo como uma segunda opinião para o profissional que executa o exame.

Por fim, há o SonoSync também se presta ao acompanhamento de exames por diferentes profissionais simultaneamente, mesmo que estejam em localidades diferentes, já que funciona como um sistema de streaming para transmissão de imagens médicas em alta definição e em tempo real desde a sala de exame para um dispositivo remoto, tal como computador, tablet ou smartphone com conexão à internet.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias

© Copyright 2022 by TI Inside