NewsNewsletter

Pessoalize faz parceria com AAA Inovação para oferecer conteúdo em linguagem Libras

0

Quanto mais aprendemos sobre inclusão, mais percebemos as barreiras que existem e temos vontade de resolvê-las. Foi identificando a educação como uma dessas barreiras e buscando proporcionar  alternativas de acesso aos estudos por meio de uma experiência digital mais conectiva e inclusiva que a Pessoalize, startup pioneira no atendimento de surdo para surdo, se juntou  à AAA Inovação, plataforma que oferece aulas e conteúdos sobre Inovação, Negócios e Tecnologia com criação e curadoria de Ricardo Amorim, Allan Costa e Arthur Igreja, para oferecer a tradução na Língua Brasileira de Sinais de parte dos materiais disponíveis para assinantes.

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, mais de 10 milhões de brasileiros declararam ter algum grau de deficiência auditiva, no entanto, uma pesquisa realizada pelo Instituto Locomotiva revela que apenas 7% têm ensino superior completo. Para resolver esse déficit, a modalidade EAD poderia ser uma aliada, mas ainda não existem cursos regulares em Libras. E os obstáculos não se limitam a isso, pois a comunidade surda não têm acesso à maioria dos conteúdos que nós ouvintes temos todos os dias.

A barreira que começa na educação se estende ao trabalho, onde a divulgação das vagas e os processos seletivos não são acessíveis. Soma-se que as atividades para pessoas com deficiência na maioria das empresas são menos nobres e, consequentemente, os salários menores. Isso sem falar na preferência por “deficiências leves”. O resultado reflete nos números: 37% dos surdos deixam de procurar um emprego e passam a trabalhar por conta própria.

Apesar de ser um público em crescimento – de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS) existem 500 milhões de surdos no mundo e, até 2050, esse número chegará a pelo menos 1 bilhão –, ainda existe um grande gargalo para que essas pessoas sejam inseridas de forma natural dentro da nossa sociedade e isso vai desde recursos de acessibilidade em sites, lojas, supermercados, até instituições ou plataformas de ensino.

Foi pensando em oferecer uma alternativa para que essa comunidade tivesse acesso às mesmas oportunidades de aprendizagem e crescimento profissional, que Ricardo Amorim, economista, palestrante e um dos criadores da AAA, abraçou a causa junto com a Pessoalize.

“Não existe inovação sem conexão e diversidade. E para que a diversidade seja a maior possível, nós precisamos garantir acessibilidade. É por isso que a AAA acaba de se juntar à Pessoalize, para que possamos garantir acesso a conteúdos de gestão, tecnologia e inovação também para profissionais com deficiência auditiva”, afirma Ricardo Amorim, co-fundador da AAA Inovação.

Com isso, gradativamente os conteúdos disponíveis na plataforma, que tem como principal foco a inovação direcionada a carreiras e geração de negócios, poderão ser acessados por pessoas surdas ou com deficiência auditiva em Libras. A expectativa é potencializar essa comunidade que tem como uma das suas principais dificuldades a inserção no mercado de trabalho.

“Poder proporcionar acesso ao conteúdo do Ricardo, de quem sou fã, é muito gratificante. Ver grandes nomes como a AAA oferecendo opções de acessibilidade para que pessoas surdas ou com deficiência auditiva também possam consumir seu conteúdo é uma das provas de que a comunidade está, finalmente, ganhando força. Nosso intuito é fazer com que essas atitudes inspirem outras empresas, tanto nos canais de comunicação, como no mercado de trabalho. São oportunidades iguais para todos que geram inclusão. E a tecnologia está aí para transformarmos essa e outras tantas realidades”, afirma Joseph Lee Kullman, CEO da Pessoalize.

Adoção de TICs para Medicina Preventiva ganha força e impulsiona negócios no Brasil

Artigo anterior

Robô colaborativo para cirurgia de joelho chega a Belo Horizonte

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais News