NewsNewsletter

Com as doações feitas pela plataforma Kickante, serão doados 80 kits com solução Biologix para diversas entidades

0

Graças a uma campanha de doação realizada pela plataforma digital Kickante, a startup Biologix doará 80 kits para monitorar pacientes infectados pela Covid-19.

Além da plataforma Kickante, essa campanha de doação envolve ainda a parceria com a Vivo, o Instituto Estater e o Hospital Israelita Albert Einstein. Os kits serão distribuídos para aldeias indígenas atendidas pelas Forças Armadas; comunidades com vulnerabilidade social acompanhadas pelo Instituto Estater, além de comunidades em São Caetano e na Capital (Paraisópolis e Jardim Olinda).

O sistema Biologix realiza o monitoramento remoto de pacientes de risco com suspeita de Covid-19 ou com modos mais brandos da doença, acompanhando a evolução dos sintomas com segurança por meio de uma plataforma extremamente funcional, com parâmetros fisiológicos apresentados em tempo real: saturação de oxigênio (SpO2), frequência cardíaca (FC) e outros sintomas inseridos pelo paciente, como febre, tosse e mal-estar.

A solução envolve o oxímetro de alta resolução da Biologix, um aplicativo de celular gratuito (Android e IOS) que envia as informações de SpO2 e FC coletadas em tempo real para a nuvem e automaticamente para o painel de controle da equipe médica responsável pelo monitoramento.

Cada kit Biologix fruto da campanha de doação vem acompanhado ainda de um aparelho celular, que está sendo doado pela Vivo.

“A pandemia trouxe uma outra realidade, com novos desafios a serem enfrentados e superados. Por isso foi tão importante essa união de parceiros em um movimento para ajudar a salvar vidas”, afirmou o CEO da Biologix, Tácito de Almeida.

A solução envolve o oxímetro de alta resolução da Biologix, um aplicativo de celular gratuito (Android e IOS) que envia as informações coletadas em tempo real para a nuvem e automaticamente para o painel de controle da equipe médica responsável pelo monitoramento.

Compugraf fecha parceria com Medigate para oferecer solução de cibersegurança em equipamentos médico-hospitalares

Artigo anterior

Covid: SEMP TCL e Fundação ABH realizam doações de máscaras de proteção

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais News