News

Dassault Systèmes investe no mercado de ciências da vida

1

A Dassault Systèmes  divulgou no evento 3DEXPERIENCE WORLD 2020, que terminou na última quarta-feira, 12, em Nashville, EUA,sua  direção estratégica para os próximos anos , focada em transformar a maneira como as pessoas são curadas e ajudá-las a viver uma vida melhor, tornando a experiência virtual do corpo humano é possível.

Do DNA aos órgãos, o corpo humano guarda mistérios complexos ainda a serem descobertos pela ciência. As ineficiências no mundo atual de pesquisa e medicina, combinadas com a necessidade de atendimento mais preciso e acessível ao paciente, tornaram o setor de saúde maduro para a inovação tecnológica que pode transformar a maneira como as terapias são descobertas, desenvolvidas, comercializadas, produzidas e usadas

Para apoiar nossa ambição de várias décadas, focaremos no desenvolvimento de nossa liderança em ciências da vida e saúde, continuando a ampliar nosso investimento em liderança nas indústrias de manufatura, avançando no promissor setor de infraestrutura nas cidades”, disse Bernard Charlès, vice-presidente e CEO da Dassaut Systèmes.

Esse novo setor, que é a aposta no crescimento e sustentabilidade do grupo, está baseada no domínio que Dassault Systèmes tem na tecnologia de Gêmeos Digital ( Digital Twin) e na mega aquisição por US$ 5,6 bilhões realizada em junho do ano passado da Medidata, empresa de software que  analisa ensaios farmacêuticos e de biotecnologia para alguns dos maiores fabricantes de medicamentos do mundo, incluindo Sanofi, Pfizer e AstraZeneca.

As experiências de gêmeos virtuais abrem novas possibilidades para as ciências da vida e os cuidados com a saúde, permitindo que a pesquisa, as disciplinas médicas, cirúrgicas e outras relacionadas à saúde compreendam, modelem moléculas, pesquisem DNA, testem e tratem um corpo humano da maneira mais precisa, segura e eficaz.

Vai além da criação de dispositivo biomédicos, como próteses de alta performance, veículos inovadores para paraplégicos, projetos como Living Heart (foto) e Living Brain, entre outras soluções apresentadas no evento.

“Em 1989, criamos o primeiro gêmeo virtual de um avião gigante, o Boeing 777. Em 2012, observando que o mundo estava mudando para uma economia de experiência que valoriza o uso sobre o produto, ousamos imaginar uma plataforma que usaria gêmeos virtuais abrangentes, de coisas como o lugar para navegar, avaliar e experimentar holisticamente uma ideia para torná-la realidade. Nossa ambição de harmonizar produto, natureza e vida permanece a mesma, enquanto seu escopo está se ampliando. Isso nos levou a desenvolver uma nova compreensão da vida e da natureza.  Hoje, somos capazes de aplicar o conhecimento e o know-how que adquirimos no mundo não orgânico ao mundo dos vivos, estendendo nosso foco das coisas para a vida. A experiência virtual do corpo humano nos permitirá inventar novas maneiras de representar a vida, compreendendo e representando o invisível, e fazendo uma contribuição duradoura para o benefício de todos”, enfatizou o CEO da Dassautl Systémes.

IBM fornece gratuitamente tecnologia para ajudar a combater o coronavírus

Artigo anterior

Quase 1/5 dos exames têm resultados acessados por meio da internet

Próximo artigo

1 Comentário

  1. Olá Claudiney, muito boa a matéria sobre esta plataforma digital da Dassault Systèmes. Para informação, o Instituto do Coração é o primeiro hospital brasileiro aprovado como colaborador na plataforma The Living Heart para trabalhos especializados no modelo do coração digital.
    Abraços,
    Guilherme Rabello
    InovaInCor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais News