sexta-feira, abril 19, 2024
Home News Jovens da primeira turma do projeto 1000 DEVs recebem diploma para atuar como programadores

Jovens da primeira turma do projeto 1000 DEVs recebem diploma para atuar como programadores

por Redação
0 comentário

Em uma cerimônia emocionante, os 80 estudantes que participaram da primeira turma do curso de capacitação para jovens em situação de vulnerabilidade do programa 1000 DEVs – Talentos para o Bem da Saúde, uma parceria da Johnson & Johnson Medical Devices com o hub de inovação Distrito, receberam seus diplomas para atuar profissionalmente como programadores.

O projeto nasceu em resposta a uma necessidade que ficou mais evidente na pandemia. No setor de saúde houve uma grande aceleração na transformação digital, revelando a carência de mão de obra qualificada, enquanto a taxa de desemprego entre jovens de 18 a 24 anos no Brasil chegou a mais de 30%, em 2020.

“Estamos celebrando um sonho compartilhado. Nós da J&J Medical Devices, juntamente com a Distrito, as empresas madrinhas bem como esses jovens e suas famílias, esperamos muito por este momento. Este programa é uma referência de como grandes empresas podem contribuir para transformar a trajetória da saúde para a humanidade e também as comunidades nas quais atuamos, por meio da educação”, afirma Gustavo Galá, presidente da J&J Medical Devices no Brasil.

O curso de capacitação, iniciado em julho de 2021, contou com a seleção de 80 estudantes do segundo grau, que participaram de interações com executivos, programas de mentorias e treinamentos em desenvolvimento de software com metodologia de educação à distância ministrado pela startup mesttra.

O evento foi realizado de forma híbrida e transmitido pela plataforma Zoom. Fabricio Campolina, diretor de healthcare transformation da J&J Medical Devices para a América Latina, conduziu a cerimônia e falou sobre o orgulho de promover a iniciativa.

“A realização deste projeto só foi possível graças à dedicação de muitas pessoas. Acabamos de formar 80 jovens e vê-los hoje emocionados por essa conquista, agradecendo suas famílias e com grandes expectativas para o futuro nos enche ainda mais de motivação para transformar as vidas de mil jovens com o programa 1000 DEVs”, reforça, Campolina.

Os formandos também foram homenageados com discursos de Gustavo Galá, presidente da J&J Medical Devices Brasil, Dr. Fabio Jatene, professor de cirurgia torácica, vice-presidente do conselho de inovação do HC da USP, padrinho da turma, e Gustavo Araújo, co-fundador e CEO da Distrito.

A partir de janeiro de 2022, todos os alunos que participaram desta primeira edição já têm à sua espera um trabalho remunerado – cinco deles na Johnson & Johnson Medical Devices e os demais em outras empresas madrinhas da edição de estreia da iniciativa, entre elas a própria Distrito e as startups parceiras como Kidopi, Sami, Laura, Medway, Handtalk, 3778, Magrathea, e Eyecare Health.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias

© Copyright 2022 by TI Inside