InovaçãoNewsletter

Farmácias testam usar robôs de atendimento das lojas

0

Há anos investindo em robôs para armazenamento, gerenciamento e dispensação de medicamentos, drogarias em todo o mundo miram agora no ‘next level’: a chegada dos robôs assistentes aos corredores das lojas.

Dotados de Inteligência Artificial, esses pequenos autômatos – a maioria com quase ou pouco mais de um metro de altura – imitam as feições e o corpo humano, expressam emoções, fazem reconhecimento facial e são especialmente projetados e customizados para recepcionar e orientar os clientes, conduzindo-os ao balcão de medicamentos ou prestando informações, mostrando produtos, fazendo comparações de preços e guiando-os para onde estão os itens liberados para venda. Os robôs podem ainda informar ao cliente se há estoque disponível e até mesmo tirar pedidos.

Fundada há pouco mais de dois anos pelo empreendedor André Araújo, que soma mais de 20 anos de experiência no mercado de Automação e Robótica, a startup XRobô atua tanto na criação de aplicações customizadas quanto no fornecimento de vários modelos de robôs humanoides assistentes para farmácias.

“Os robôs de atendimento realizam com eficácia tarefas que ajudam a diminuir o tempo de espera e facilitar as vendas”, diz André Araújo. “Eles representam o que há de mais inovador em tecnologias robóticas para varejo. Além disso, são simpáticos e ágeis, geram empatia e despertam a curiosidade do público, proporcionando aos clientes uma excelente e inesquecível experiência de consumo dentro da loja”.

Prevent Senior adota prescrição digital para manter seus pacientes seguros durante a pandemia

Artigo anterior

Startups acelerada pela Samsung realiza exames de retina com pronto diagnóstico em localidades remotas

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar