NewsNewsletter

No Dia Mundial do Rim, Baxter lança plataforma educativa e gratuita para população em geral, pacientes e cuidadores

0

A Baxter, empresa com amplo portfólio de equipamentos médicos e produtos farmacêuticos, em homenagem ao Dia Mundial do Rim, 10, acaba de disponibilizar gratuitamente a plataforma digital “Minha Jornada Renal”. A webpage foi criada com o objetivo de proporcionar conhecimento e recursos para uma vida saudável e plena aos pacientes que vivem com a doença renal crônica e seus cuidadores, bem como levar informação sobre o tema para a população em geral.

O site oferece uma imersão no tema através de textos e vídeos educativos que trazem assuntos sobre como obter uma alimentação saudável, guia com atividades físicas, opções de tratamento e centro de recursos. “Queremos colaborar cada vez mais com o acesso à informação para a população como um todo sobre a doença renal, que, na maioria das vezes, é silenciosa. Criamos a plataforma com conteúdo de qualidade, elaborado por profissionais da área, na busca da ampliação do conhecimento sobre a importância da prevenção, do tratamento, do bem-estar e da saúde física e mental, tanto dos pacientes como de seus cuidadores”, explica Victor Valério, Gerente de Marketing para Renal Crônico da Baxter.

A data, idealizada pela International Society of Nephrology (ISN), é comemorada anualmente na segunda quinta-feira do mês de março. Os principais objetivos do evento são aumentar a conscientização sobre a crescente presença de doenças renais em todo o mundo e a necessidade de estratégias para a prevenção e o gerenciamento dessas doenças. Insuficiência renal é a condição na qual os rins perdem a capacidade de efetuar suas funções básicas. Ela pode ser aguda, quando ocorre súbita e rápida perda da função renal, ou crônica, quando esta perda é lenta, progressiva e irreversível.

Estima-se que haja atualmente no mundo 850 milhões de pessoas com doença renal, decorrente de várias causas, mas principalmente a hipertensão e o diabetes. A Doença Renal Crônica causa pelo menos 2,4 milhões de mortes por ano, com uma taxa crescente de mortalidade. No Brasil, a estimativa é de que mais de dez milhões de pessoas tenham a doença em algum de seus estágios. Se descoberta precocemente, o tratamento conservador pode retardar a necessidade de entrada em terapia dialítica por vários anos, sendo essencial dosar a sua creatinina anualmente para ver a saúde de seus rins.

O que o escândalo Theranos nos ensina sobre saúde, tecnologia e inovação?

Artigo anterior

Memed lança versão mobile do software de receita médica digital

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode gostar

Mais News