GestãoNewsletter

Xerox anuncia solução que reduz fluxo de papéis para médicos terem mais tempo com pacientes

0

A Xerox deseja que os médicos utilizem seu tempo para cuidar de seus pacientes em vez de cuidar de burocracia. É por isso que a automação na área médica é uma oportunidade de melhoria tanto para os pacientes quanto para os especialistas em saúde através da digitalização e de outras tecnologias para uso da informação em meio digital.

De acordo com um estudo do American College of Practitioners, a maioria dos médicos pesquisados gasta o dobro do tempo lidando com a papelada do que gasta cuidando de seus pacientes. Agora, com a crise da COVID-19, esta situação se intensificou e acelerar o desenvolvimento do setor, avançando para o futuro com o Prontuário Eletrônico de Pacientes (PEP), tornou-se uma necessidade.

A automação da saúde na América Latina

Na América Latina, o desenvolvimento de um sistema PEP tem levado muito mais tempo do que se esperava. De acordo com o Banco Interamericano de Desenvolvimento, por exemplo, um Hospital na Argentina precisou de 21 anos para completar esse processo.

Para endereçar esta questão a Xerox analisou os diferentes problemas dos provedores de saúde e propôs soluções de automação do fluxo de trabalho para otimizar e acelerar sua transformação digital.

Por exemplo, com as ferramentas da Xerox, os históricos dos pacientes são organizados, digitalizados, classificados e armazenados automaticamente em um lugar conveniente, como um PEP. Isso significa que os provedores podem ajudar a reduzir a perda de informações e os erros no preenchimento manual de prontuários, e assim reduzir o número de formulários em papel redundantes que podiam chegar a ter.

“Isso proporcionou mais tempo para o atendimento direto do paciente e significou menos noites olhando para telas de computador ou pilhas de papel para ficar em dia”, explicou Ricardo Karbage, diretor Geral da Xerox Brasil.  “Com Xerox DocuShare, por exemplo, a equipe pode compartilhar arquivos rapidamente, inclusive registros confidenciais, sabendo que as informações de cada paciente permanecerão privadas.”

Transformando os processos de comunicação para melhorar a experiência do paciente

O hospital Luton & Dunstable na Inglaterra, com a ajuda da Xerox, substituiu seus prontuários em papel por prontuários eletrônicos projetados para fornecer aos médicos, administradores e pacientes um acesso confiável, flexível e seguro. O resultado foi a redução dos custos de armazenamento e transporte físico; gradualmente eliminando o inventário de cerca de 300.000 prontuários médicos em papel que foram digitalizados e liberaram espaços reaproveitados para funções clínicas ou outras atividades essenciais.

A substituição das pilhas de papel em consultórios médicos permite simplificar os espaços de trabalho: o processo é menos estressante, os fluxos de trabalho são acelerados e a comunicação médico-paciente é melhorada radicalmente:

  1. Informação: Promove uma comunicação bidirecional personalizada com os pacientes: Os gerentes de saúde poderão enviar alertas de saúde, avisos de cobrança e lembretes em formato impresso e digital automaticamente.
  2. Integração: Simplifica o processo de registro de pacientes simplificando a captura de informações, extração e validação de dados. Fornece acesso seguro às informações do paciente com um cofre digital e reduz o tempo dedicado ao processamento de novas contratações e certificações.
  3. Serviço: Permite a visualização de um único paciente através da digitalização de prontuários médicos, comunicações e arquivos e ajuda a evitar a duplicação de entradas, gerenciando as comunicações pós-tratamento.
  4. Satisfação: Melhora os resultados de saúde usando proativamente Machine Learning e Analytics para fornecer informações e conselhos personalizados sobre os próximos passos do paciente. Monitora e melhorar a experiência do paciente com pesquisas personalizadas ao longo de seu tratamento.

Como resultado, os médicos podem oferecer um atendimento de maior qualidade ao paciente, com um processo inovador que transforma a comunicação com pacientes e colaboradores em um processo de quatro etapas que melhora a experiência.

Namu lança aplicativo com serviços para melhoria da qualidade de vida e bem-estar

Artigo anterior

Medicina à distância. Uma realidade? O que vem pela frente?

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais Gestão