NewsNewsletter

Dasa anuncia metas e compromissos com ESG para os próximos anos

0

A Dasa, maior rede de saúde integrada do Brasil, divulgou pela primeira vez no Relatório de Sustentabilidade 2021, publicado nesta sexta-feira, 29, em seu site de ESG as metas ambientais, sociais e de governança, juntamente com a causa da companhia.

Como destaque, a empresa anunciou o compromisso de ser carbono zero até 2030 e maximizar o uso de energias renováveis: em 2023, 96% de toda a energia utilizada será proveniente de fonte de energia renovável. A seguir, detalhamos os métodos de gestão elencados pela Dasa, como a redução, neutralização e compensação das emissões; busca por novas fontes de energia e projetos de construção de usinas solares.

A empresa está avançando no projeto de geração distribuída (GD), que consiste na instalação de pontos para geração própria de energia de fonte renovável. Em relação ao projeto de 17 usinas solares, que estão previstas para os próximos anos, três já foram construídas e estão localizadas nos estados da Bahia, Maranhão e Ceará, a qual entrou em operação no começo do mês de fevereiro de 2022.

Além disso, a Dasa deu continuidade à migração de unidades para mercado livre de energia, que oferece a opção de escolha do tipo de energia. Ao todo, somamos 17 unidades migradas em 2021.

Pelo segundo ano, a empresa realizou seu inventário de emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) completo, com base na metodologia do Programa Brasileiro GHG Protocol. Pela primeira vez, foi verificado por organismo de terceira parte acreditado pelo InMetro.

Levando em consideração as emissões da Dasa, a empresa se tornou apoiadora do Instituto Ekos Brasil, uma organização sem fins lucrativos da sociedade civil (OSCIP), e aderiu ao Programa Compromisso com o Clima, que conecta empresas engajadas em compensar suas emissões de gases do efeito estufa aos projetos que contribuem para geração de benefícios socioambientais.

Com isso, de forma voluntária, a Dasa compensou 100% das emissões de GEE dos hospitais inventariados em 2020 e outros projetos de impacto positivo, espalhados pelo Brasil, seguem em análise com o intuito de alcançarmos o nosso compromisso.

“A união com o Instituto Ekos Brasil é um movimento natural para a Dasa, que vem há anos organizando a sua estrutura no sentido de reduzir a emissão de carbono, desenvolvendo produtos e serviços que geram benefícios superiores aos seus impactos, a fim de ser sustentável, econômica e ambientalmente”, explica Lílian Mendes da Cruz Pereira, gerente de ESG na Dasa.

“A adesão da Dasa ao Compromisso com o Clima é resultado de nossa visão sobre ESG, que é garantir que, como empresa, estamos cuidando das pessoas, do meio ambiente, da comunidade e do próprio planeta”, conclui Lílian.

Modelo de negócio alinhado com ESG

As metas detalhadas acima fazem parte da estratégia ESG da Dasa, que foi construída considerando os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), os princípios do Pacto Global e a matriz de materialidade da companhia − documento construído depois de um profundo estudo com suas partes interessadas, no qual os temas mais relevantes para o negócio foram hierarquizados e categorizados.

Como resultado da construção dessa estratégia, a empresa estabeleceu sua ambição social, ambiental e de governança alinhadas aos seguintes ODS: Saúde e Segurança; Igualdade de Gênero; Energia Limpa e Acessível; Trabalho Decente e Crescimento Econômico; Redução das Desigualdades; Consumo e Produção Responsáveis; e Ação Contra a Mudança do Clima.

InovaHC da FMUSP lança edital para o programade incentivo à inovação In.cube

Artigo anterior

Implantodontia se torna menos invasiva com tecnologias digitais, diz especialista

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode gostar

Mais News