sexta-feira, março 1, 2024
Home News Janeiro Branco: campanha chama atenção para a gravidade da síndrome de burnout

Janeiro Branco: campanha chama atenção para a gravidade da síndrome de burnout

por Redação
0 comentário

Símbolo da conscientização sobre o cuidado com a saúde mental, a campanha Janeiro Branco busca ressaltar a necessidade de atenção aos aspectos emocionais, e estimular o debate sobre a gravidade deste problema tão recorrente no Brasil, país que ocupa o segundo lugar em casos diagnosticados de burnout, segundo estudo da International Stress Management Association (ISMA).

A Associação Nacional de Medicina do Trabalho (ANAMT), estima que aproximadamente 30% dos trabalhadores brasileiros sofrem com a síndrome, caracterizada pelo esgotamento físico, psicológico e emocional decorrente do estresse crônico da atividade profissional, e embora a doença ocupacional afete um número significativo de trabalhadores, muitas empresas ainda carecem de soluções adequadas para lidar com o burnout.

Sinais de alerta

Os sintomas podem se manifestar por meio de exaustão física, sensação de cansaço constante, dor de cabeça frequente, falta de ar, falta de apetite ou aumento da vontade de comer, insônia ou excesso de sonolência, sudorese, tremedeira, aceleração dos batimentos cardíacos, dermatite, queda de imunidade, baixa libido, dores musculares, problemas gastrointestinais, entre outros.

Porém, vale ressaltar que o burnout se desenvolve de forma lenta e progressiva, e os sinais não costumam aparecer ao mesmo tempo e, por essa razão, podem passar despercebidos ou serem confundidos com estresse, por isso, a consulta com um médico especialista é fundamental para o diagnóstico da síndrome.

Portanto, ter fácil acesso a especialistas, exames e demais serviços de saúde por custos acessíveis, é fundamental nesta fase. A VidaClass Saúde, por exemplo, oferece consultas e exames preventivos com a segurança e agilidade que um diagnóstico exige. A Healthtech, presente no mercado há nove anos, oferece serviços especializados por custos acessíveis, e utiliza a tecnologia para atender às demandas dos pacientes de forma simplificada, além de buscar evidenciar a questão da prevenção de doenças de maneira geral.

“Na VidaClass Saúde, consideramos que a abordagem da saúde mental destaca ainda mais a relevância da telemedicina. Se uma pessoa que se sente desmotivada para se deslocar até um consultório, por exemplo, pode iniciar seu atendimento remotamente, fazendo com que  ela enxergue com mais atenção a importância do cuidado mental de uma forma positiva”, afirma Vitor Moura, CEO da empresa.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias

© Copyright 2022 by TI Inside