NewsNewsletter

Consultório de telemedicina é inaugurado no município de Anajás, no Marajó

0

Localizado no centro da ilha do Marajó, Anajás é um município que enfrenta diversos desafios de logística, infraestrutura e de acesso aos direitos básicos. Sem médico especialista fixo na cidade, as mulheres precisavam se deslocar para a capital do estado para se consultar ou aguardar idas esporádicas de ginecologistas a Anajás. Agora, com a telemedicina, essa realidade está prestes a mudar. O serviço oferece consultas gratuitas com uma médica ginecologista e obstetra de confiança, a distância.

A telemedicina é uma das ações do projeto “Saúde das Manas”, uma parceria entre o Fundo de População da ONU (UNFPA) e o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde (COSEMS/PA). O atendimento em Anajás começará a funcionar em breve na Secretaria de Saúde do município, localizada na Av. Floriano Peixoto, S/N, Centro, ao lado dos Correios.

A iniciativa tem o objetivo de garantir que os serviços de saúde reprodutiva continuem sendo realizados mesmo durante a pandemia do Covid-19, proporcionando atendimento médico de qualidade e com a segurança de não precisar sair do próprio município.

Os equipamentos foram doados pelo Fundo de População da ONU e, em contrapartida, o Cosems/PA contratou duas médicas e garantiu a internet banda larga para realizar as teleconsultas. Já a Prefeitura do município tem o papel de fornecer a estrutura das salas de telemedicina, com mesa, cadeiras e profissionais para apoiar a ação.

Além da ginecologia e obstetrícia, a  Telemedicina também vai oferecer atendimentos nas especialidades de cardiologia, neuropediatria, neurologia, endocrinologia, alergologia, psiquiatria, pediatria, urologia, pneumologia, gastroenterologia e dermatologia.

Telemedicina  

O Saúde das Manas já levou a Telemedicina também para Afuá, Bagre, Breves e Melgaço. Em breve, chegará em Santa Cruz do Arari. A expectativa é atender mais de 80 mil mulheres em idade fértil residentes no arquipélago do Marajó.

Para ampliar a rede de atendimento para outros municípios do Marajó, o Cosems decidiu adquirir equipamentos de TV, Notebooks e acessórios e montou também salas de telemedicina nos municípios de Cachoeira do Arari, Muaná e Soure. Em breve, a ação também será ampliada para os demais municípios do Marajó.

Saúde das Manas

Além da Telemedicina, o projeto Saúde das Manas atua com outras ações, que no total somam um investimento do UNFPA de cerca de US$ 300 mil dólares. Foram doados Kits Dignidade (contendo produtos de higiene pessoal) para as mulheres residentes nos municípios impactados pelo projeto, tablets para apoiar o trabalho dos coordenadores e coordenadoras da Atenção Básica, bicicletas para facilitar a locomoção de Agentes Comunitários de Saúde e Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para profissionais de saúde que estão na ponta do sistema básico de saúde destas localidades.

Ainda este ano, o Fundo de População da ONU doará camisinhas, contraceptivos injetáveis e pílulas de emergência para os municípios. O processo já está em andamento e a primeira remessa dos insumos está prevista para chegar em meados de setembro. Todos os insumos são pré-qualificados pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Game educativo mostra o papel transformador da tecnologia na conscientização sobre depressão

Artigo anterior

Transformação digital e IoMT abrem caminho para os hospitais do futuro

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais News