terça-feira, março 5, 2024
Home News IA e analytics otimizam serviços de saúde pública e melhoram indicadores

IA e analytics otimizam serviços de saúde pública e melhoram indicadores

por Redação
0 comentário

O setor público vem recorrendo cada vez mais à IA e analytics para otimizar a eficiência e oferecer serviços e programas melhores para a vida das pessoas, e essa tendência será cada vez mais acentuada em 2024. Além disso, essas organizações precisam ter um cuidado especial no uso responsável de tecnologias avançadas, já que há um prejuízo possivelmente maior quando se trata de saúde e bem-estar pessoal.

Em quais áreas as aplicações de IA e analytics pelo setor público irão, de fato, crescer em 2024? Onde haverá maior impacto em nossas vidas? Especialistas em gestão pública e saúde do SAS, líder global em IA e analytics, apontam as principais tendências dessa tecnologia na saúde.  Confira:

“Previsões e modelagens têm se tornado cada vez mais a espinha dorsal do trabalho em saúde pública, mas o governo precisa de ajuda. Aí entra o campo acadêmico. Veremos um aumento no número de pesquisadores acadêmicos desenvolvendo modelos e previsões orientados por IA para o governo. Após a COVID-19, ficou claro que a proteção da população requer tecnologia e colaboração excepcionais”. Meghan Schaeffer, Consultora nacional de saúde pública e epidemiologista, SAS.

“Para promover a saúde e melhorar a experiência de pacientes e funcionários, em 2024, as organizações irão desenvolver ainda mais ferramentas baseadas em IA generativa para a personalização da medicina, como a criação de avatares específicos para pacientes em testes clínicos e a elaboração de planos de tratamento individualizados”. Steve Kearney, Diretor médico global, SAS.

“Os grandes modelos de linguagem (LLMs) serão utilizados para gerar resumos claros e concisos de informações médicas complexas, facilitando a compreensão de diagnósticos e planos de tratamento pelos pacientes”.  Greg Wujek, Consultor global da indústria de ciências da vida, SAS.

“Até 2030, uma em cada seis pessoas no mundo terá mais de 60 anos de idade, de acordo com a Organização Mundial da Saúde. O ano de 2024 abrirá as portas para casos de uso de IA generativa pelo governo para promover o envelhecimento saudável e aliviar as preocupações das equipes prestadoras de serviços. Os exemplos podem incluir o monitoramento remoto e o aumento do uso de tecnologias inteligentes para compliance de pacientes, gerenciamento de riscos e aumento da qualidade de vida”.  John Maynard, Principal arquiteto de soluções, saúde e governo, SAS.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias

© Copyright 2022 by TI Inside