quarta-feira, maio 29, 2024
Home Inovação Qualcomm incentiva desenvolvimento de aplicações para saúde pública

Qualcomm incentiva desenvolvimento de aplicações para saúde pública

por Claudiney Santos
0 comentário

O desenvolvimento de tecnologias móveis, aliadas a uma boa conectividade, são essências para projetos inovadores na saúde pública. Um deles, foi mostrado nesta quarta-feira,7, no 5×5 Tec Summit, evento promovido pelas publicações TI Inside, Teletime, Mobile Time, Convergência Digital e TeleSíntese. 

Francisco Giacomini Soares, vice- presidente de Relações Governamentais – Latam da Qualcomm apresentou a iniciativa conjunta da empresa que desenvolveu um aplicativo em como parte de estudo clínico  para avaliar o uso da tecnologia móvel para acompanhamento de gestantes em comunidades mais carentes. 

O aplicativo ganhou o nome de  Saúde Inteligente Móvel para Maternidade – SIM Maternidade – e por meio de um aplicativo móvel, as gestantes, ao longo de sua assistência médica, podem monitorar sua saúde, acompanhar consultas  de pré-natal e receber  alertas sobre eventuais problemas relacionados ao desenvolvimento da gravidez. 

Parte de um estudo clínico que avalia o uso da tecnologia móvel na melhoria da saúde materna, o  IM Maternidade está disponível nos sistemas Android e iOS e está sendo testado em gestantes de Campina Grande (PB), que permite que elas também possam acessar materiais educativos, preencher formulários de acompanhamento, receber alertas e mensagens relevantes e registrar a evolução da gravidez. 

“Essa é uma forma de efetivamente atuar junto à saúde com tecnologia em ambientes onde o atendimento a  comunidades que tenham mais dificuldade de acesso à informação ou mesmo pelas distâncias a fim de atender os mais carentes com responsabilidade social.  Para nós é um meio de  nossas tecnologias  melhorar a vida das pessoas. Esta é a segunda iniciativa neste sentido pois já realizamos também o acompanhamento no Rio de Janeiro, no Morro do Alemão, com 400 pacientes com doenças crônicas”, disse o executivo da Qualcomm. 

“O SUS é o maior sistema público de saúde do mundo, com aproximadamente 70% da população brasileira, dependendo dele. Assim o objetivo do SIM Maternidade é demonstrar como a tecnologia móvel pode suportar um sistema tão grande e complexo e torná-lo mais eficiente, em especial para atender mulheres em gestação de alto risco”,  explicou Gustavo Perez, sócio fundador e CEO da MTM , parceiro da Qualcomm neste projeto. 

Como relatou Perez, os dados coletados serão analisados e compartilhados com os prestadores de cuidados de saúde através da plataforma web do projeto. Com essas informações, o projeto SIM Maternidade e equipes de saúde poderão monitorar a saúde das gestantes, bem como gerar relatórios e indicadores de saúde. 

Por meio do aplicativo, será possível registrar observações, notificar a equipe médica, revisar o histórico médico do paciente e acessar dados e informações enviadas pelo paciente. Além disso, a equipe de saúde é notificada sempre que houver um potencial alerta de saúde. O projeto já está apto a incorporar vídeo para monitoramento das grávidas, assim que o 5G estiver disponível. 

“Atualmente, a maioria das consultas de pré-natal são realizadas pela equipe de saúde da família nas unidades básicas de saúde. Essas unidades têm inúmeras outras tarefas, além de desempenhar esse papel. O uso de ferramentas móveis de saúde traz oportunidades para melhorar o monitoramento, além de funcionar como um verdadeiro portal para a educação em saúde”, afirma Francisco Soares. 

Neste projeto , a equipe de Inteligência Artificial da Qualcomm realiza a mineração de dados e análise de tendências para identificar padrões, a fim de aprimorar a análise das informações enviadas às equipes de saúde e na criação de modelos em situações monitoradas para ajudar os médicos na tomada de decisão. Os resultados da análise serão disponibilizados na plataforma para a equipe da Secretaria Municipal de Saúde e da Secretaria de Ciência e Tecnologia, além de gestores de clínicas e equipes de saúde. 

De acordo com Gustavo Perez, o SIM Maternidade tem a participação da a prefeitura de Campina Grande e sua aplicação se dá por meio de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde e com a Secretaria de Ciência e Tecnologia, dentro dos indicativos determinados pelo próprio Ministério da Saúde. A Qualcomm está aberta a apoiar outras iniciativas de interessados em desenvolver aplicações para o setor. 

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias