terça-feira, junho 18, 2024
Home Negócios TopMed expande telemedicina para saúde pública de Santa Catarina

TopMed expande telemedicina para saúde pública de Santa Catarina

por Redação
0 comentário

A catarinense TopMed, empresa nacional de telemedicina e telessaúde, projeta integrar na sua base mais de 800 mil pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) de Santa Catarina. A marca acaba de iniciar operação no município de Blumenau, terceira maior cidade do Estado. A partir deste mês, a prefeitura local disponibilizará para toda a sua população assistência médica 24 horas, durante os sete dias da semana, via telefone e internet.

A iniciativa marca uma nova etapa de expansão do projeto Atenção Primária Remota, premiado e reconhecido internacionalmente como solução para cidades inteligentes e do futuro que oferecem soluções em telessaúde para o setor público.

Os municípios de Botuverá e Pomerode, também localizados no Vale Europeu catarinense, aderiram recentemente ao projeto. A expectativa é de que nos próximos meses mais de 15 cidades passem a disponibilizar o serviço. Florianópolis, Lages, Rio do Sul e Benedito Novo já integram o rol de locais que oportunizam atendimento clínico a distância via SUS.

As soluções da TopMed disponíveis nestes municípios incluem atendimento com enfermeiro e médico, 24 horas por dia, 7 dias por semana. O serviço está disponível pelo número 0800 de cada município, ou pela internet, via aplicativo. Seja para uma dúvida, informação ou atendimento médico, o morador pode fazer tudo de onde estiver e ainda recebe receita médica ou solicitações de exames via WhatsApp, SMS ou e-mail.

A estimativa é que entre a ligação do usuário para o serviço e o recebimento da receita após o atendimento pelo médico, se houver necessidade do documento, todo o processo não ultrapasse 30 minutos. Outra vantagem é que o usuário poderá estar sem seu lar, trabalho, escola, ou até mesmo em viagem.

Todos os atendimentos estão em sincronia com a rede municipal, ou seja, protocolos, encaminhamentos, identidade visual, nomenclaturas, endereços e contatos são 100% do município, para que o morador entenda que é a gestão de saúde do SUS local que o está atendendo, e quando interagir com o serviço presencial, siga o seu acompanhamento, sem necessidade de repetir exames ou informações, e da mesma forma, a rede presencial pode atuar com a busca ativa ou contato com seus pacientes.

“A iniciativa foi desenvolvida para agilizar o atendimento, minimizar os riscos e os inconvenientes do tempo de espera e dos deslocamentos e, sobretudo, oferecer soluções seguras à população residente ou visitante dos municípios”, explica Cleones Hostins, Head de Área Pública da TopMed.

“Somos comprometidos em transformar a saúde pública no Brasil, estamos pavimentando o caminho para um SUS financeiramente viável e operacionalmente otimizado. Enquanto muitas gestões ainda idealizam essa realidade, a TopMed está tornando-a tangível,” diz Valda Stange, CEO da TopMed.

Segundo ela, a abordagem personalizada da TopMed é um dos principais diferenciais do serviço. Toda implantação é cuidadosamente ajustada às necessidades e processos específicos de cada município, garantindo exclusividade, segurança e confiança. “Em um ambiente onde inovação e tecnologia são cruciais para o progresso, os gestores de saúde do SUS têm a oportunidade de liderar transformações disruptivas em suas comunidades”, afirma.

Iniciativa premiada

O projeto Atenção Primária Remota venceu, em maio deste ano, o Prêmio InovaCidade 2023, considerado o mais importante sobre cidades inteligentes da América Latina. A iniciativa, ao ser operacionalizada pelo poder público da Capital de Santa Catarina, recebeu o nome de Alô Saúde Floripa e revelou sua imensa abrangência e relevância social, tanto durante o período crítico da pandemia de coronavírus (2020/2021) quanto nos anos seguintes, tornando-se case nacional de sucesso.

Como funciona

O serviço destinado nesta nova fase ainda contempla diferenciais exclusivos, como a teleinterconsulta, onde os profissionais de saúde dos municípios se conectam com os médicos especialistas da TopMed para discutirem casos e situações clínicas. Este adicional de serviço tem o objetivo de reduzir até 56% os encaminhamentos para atendimentos especializados.

A plataforma oferece aos moradores acesso contínuo a cuidados de saúde por meio de um número de telefone exclusivo e um aplicativo dedicado para o município, onde podem se conectar a enfermeiros e médicos qualificados 24 horas por dia, com apenas três toques na tela do celular ou uma simples ligação atendida.

Retorno dos municípios

O Alô Saúde Pomerode foi oficialmente lançado em 14 de julho. Até o fim de agosto registrou 882 atendimentos entre técnicos, enfermeiros e médicos, com uma resolutividade de 63% na enfermagem e 95% em teleconsulta médica. O público mais atendido até o momento pertence à faixa etária entre 20 e 39 anos.

“Com o uso da tecnologia, diversas situações podem ser atendidas por enfermeiros e médicos na comodidade da residência ou do trabalho dos pacientes. Temos como expectativa melhorar o acesso da população e otimizar os serviços municipais de saúde”, declara Ligia Hoepfner, Secretária Municipal de Saúde.

O Alô Saúde Botuverá iniciou o serviço em 1º de agosto com o objetivo de auxiliar no fluxo e na maior comodidade e segurança à população, segundo Marcia Adriana Cansian, Secretária Municipal de Saúde.

“Botuverá é uma cidade pequena, mas com grande extensão territorial e sua referência de Pronto Atendimento é somente o município vizinho. O Alô Saúde nos trouxe segurança e vem se mostrando muito eficaz e resolutivo nos atendimentos que já realizou. Isso dá oportunidade para que as três Unidades de Saúde consigam também executar trabalhos de prevenção e promoção à saúde”, avalia.

O número de pessoas beneficiadas pode ser ampliado após a TopMed ter vencido a licitação de um consórcio. “Além de revolucionar o acesso aos cuidados de saúde, essa abordagem coloca o cidadão no centro do processo, empoderando-o com autonomia para buscar atendimento profissional a qualquer hora do dia, sem as limitações de deslocamento, horários ou filas”, completa Cleones Hostins.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias