News

Vitta lança software de telemedicina gratuito para médicos até o fim da pandemia

0

Muitas medidas estão sendo tomadas desde a chegada do coronavírus no Brasil. O Governo Federal autorizou, em caráter excepcional e enquanto durar a pandemia de Covid-19, o uso da telemedicina, incluindo a teleconsulta diretamente entre médico e paciente, uma medida para reforçar a permanência das pessoas dentro de casa. Com a nova liberação, o ClinicWeb, plataforma de prontuários eletrônicos  do Brasil, lançou uma plataforma para permitir que médicos atendam via telemedicina.

As principais instituições de saúde que utilizam o ClinicWeb para agendamentos, prontuário e gestão de clínicas são: Hospital Israelita Albert Einstein, Fleury, Omint, HCor, entre outros, sendo que o software hoje conta com mais de 15 mil médicos na base, 400 mil atendimentos por mês e mais de 20 milhões de pacientes. Os médicos que já forem clientes terão 12 meses gratuitos na suíte de telemedicina e os profissionais de saúde que ainda não são clientes poderão utilizar a ferramenta como um todo e não precisarão pagar nada até o fim da pandemia. Os interessados em contar com a ferramenta entrarão em uma fila de espera para obter a licença de uso.

“Trabalhamos de maneira muito séria e, por isso, hoje temos alguns dos principais médicos do Brasil sendo nossos clientes, como os Drs. David Uip, Drauzio Varella e Claudio Lottemberg. Ter um meio confiável para que esses médicos – e milhares de outros os quais temos muito orgulho de servir – possam atender a população de forma remota é uma grande responsabilidade nesse momento”, ressalta João Gabriel Alkmim, CEO da Vitta.

Agendada uma teleconsulta, o paciente recebe um link para acessar a videoconferência no dia e horário marcado. Antes disso, é preciso consentir com um termo para a segurança de seus dados e do seu médico, só então é possível avançar para a sala virtual onde ocorrerá o atendimento. Já o médico pode acessar a consulta online diretamente do ClinicWeb, e preencher o prontuário do paciente com assinatura digital para prescrições de medicamentos, exames e também atestados.

Para aumentar aderência aos tratamentos e melhorar a experiência do paciente na compra de medicamentos, a Vitta firmou parceria com a Nexodata, empresa que opera uma plataforma de prescrições eletrônicas integrada às principais redes de farmácias do país, com mais de 6 mil lojas que possuem a tecnologia. A partir do ClinicWeb, o médico pode assinar a receita com certificado digital padrão ICP Brasil, no prontuário ao final da teleconsulta. Com isso, o paciente recebe um código, junto à receita eletrônica, em seu celular, e pode apresentar em uma das farmácias integradas para adquirir o medicamento prescrito.

Para o sócio e Diretor Médico da NexoData, Dr. Antonio Carlos Endrigo, que também é Diretor de Tecnologia da Informação da Associação Paulista de Medicina, trata-se de uma integração de tecnologias para facilitar o trabalho médico ao atendimento do paciente com segurança. “Todo o processo, desde a prescrição e assinatura do médico até a compra dos medicamentos, é mantido em total sigilo em conformidade à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD)”, afirma Endrigo.

COVID-19: tecnologia de vídeo no chat impulsiona atendimentos médicos remotos

Artigo anterior

Startup usa IA para atendimento virtual gratuito a pessoas com dúvidas sobre a Covid-19

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais News