GestãoNewsletter

Hospital do Instituto Batuíra otimiza processos e reduz em 90% a necessidade de treinamento do time, via solução low-code

0

A prática do low-code (ou plataformas de aplicativo de pouco código), tem ganhado cada vez mais espaço nas empresas do mundo todo. A tendência, que veio como um movimento tecnológico social, facilita a criação de aplicativos e plataformas por profissionais que não necessariamente são desenvolvedores.

A Zeev, empresa que desenvolve e fornece softwares com tecnologia low-code, tem ajudado organizações do Brasil e do mundo a otimizar processos e reduzir custos com infraestrutura e TI, e é referência nesta área. Foi por meio de sua solução robusta, o Zeev Enterprise, que o Instituto Espírita Batuíra de Saúde Mental, hospital 100% SUS e com mais de 70 anos de atuação na cidade de Goiânia – Goiás, criou a sua própria solução e reduziu em 90% o tempo de treinamento de seus colaboradores.

“Aqui no hospital, precisávamos de uma solução para os nossos processos e dinâmicas de acompanhamento de pacientes. Por ser uma instituição com décadas de atuação, muitos processos eram engessados e consumiam muito, além de não estarem centralizados. Nós conseguimos reunir em um único ambiente o controle do processo dos pacientes e a gestão administrativa do hospital. Com isso, os novos colaboradores entram em um ambiente com um nível alto de maturidade nos processos, o que elimina a necessidade de excessivos treinamentos”, explica Sérgio Haas, presidente do Instituto.

Hoje, o Batuíra conta com 45 funcionários totalmente familiarizados com o software. Com a plataforma, construída pelo Zeev, o time consegue ter o controle do progresso dos pacientes e um alto nível de gestão da rotina de tarefas dos colaboradores. A organização já conta com 170 mil processos iniciados na plataforma Zeev.

“O benefício de contar com uma ferramenta que pode rodar toda em nuvem é reduzirmos muito os gastos com infraestrutura e também conseguimos zerar nossos custos com TI, já que no Zeev nós mesmos somos os criadores e programadores do software. Por ser um software low-code, nós solucionamos qualquer problema de maneira muito ágil”, complementa o presidente.

Segundo o Gartner, até 2024 é esperado que 65% ou mais dos softwares no mundo sejam desenvolvidos a partir de plataformas low-code. Criada com o propósito de facilitar rotinas de trabalho, a Zeev acredita que esta tecnologia dá a qualquer profissional o superpoder da criação de soluções. Ou seja, qualquer profissional pode automatizar uma rotina de trabalho utilizando pouquíssimo ou nenhum uso de codificação.

“Temos como ponto central das nossas relações: a liberdade e a transparência. Foi isso que nos levou a desenvolver um produto que pudesse ter mais aderência e uma maior utilização dentro das empresas de maneira rápida e objetiva. Além disso, hoje, os clientes Zeev passam por uma jornada de aprendizado e se tornam autossuficientes no uso da ferramenta” destaca José Roberto de Lazari, CEO da Zeev.

Atualmente a empresa conta com cerca de 200 clientes em seu portfólio, incluindo grandes e médias organizações no Brasil, Argentina, México, Colômbia, Peru e Bahamas. “Viemos para permitir que as empresas consigam dar vazão às suas demandas de transformação digital, desafogando a área de TI”, finaliza o CEO.

De olho no sedentarismo, smartwatch chega ao mercado para auxiliar na saúde do consumidor

Artigo anterior

Deep Learning acelerado por GPU da NVIDIA pode detectar sinais precoces de Alzheimer

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais Gestão