News

Pixeon e BoaConsulta lançam plataforma de IA para triagem e agendamento de consulta

0

Em meio à crise global causada pelo avanço do Covid-19, a Pixeon uniu-se à BoaConsulta para o desenvolvimento do examecorona.com.br, plataforma baseada em inteligência artificial que tem o objetivo de fazer triagem de pacientes e diferenciá-los entre gripe comum, constipação nasal ou Coronavírus. Além disso, o site conta com uma outra importante função: agendamento de consulta aos usuários que forem suspeitos do Covid-19.

O site é hospedado no Microsoft Azure. Desenvolvido pela Pixeon conta com algoritmos de Inteligência Artificial que calculam a probabilidade de ser o novo Coronavírus baseado em sintomas e, se a plataforma identificar casos suspeitos, sugere o encaminhamento ao médico para o agendamento de consulta médica especializada em toda a extensão territorial do Brasil. É neste momento que entra a parceria com o BoaConsulta, plataforma voltada para este fim.

O funcionamento do site é simples, baseado em perguntas e respostas para que a triagem seja feita da melhor maneira possível. A plataforma questiona o usuário se fez alguma viagem recente, se teve febre, tosse ou outros sintomas associados. Depois, compila os dados, compara com banco disponibilizado pela Organização Mundial da Saúde e analisa a probabilidade de cada quadro. Com isso, as empresas esperam auxiliar na redução de filas desnecessárias em postos de saúde e hospitais, bem como direcionar as pessoas que de fato podem ter contraído o Covid-19 para receber cuidados médicos necessários.

“Este é um momento importantíssimo de reunir toda a comunidade científica em torno de um objetivo comum: frear o Coronavírus. Com o lançamento do examecorona.com.br, que não tem fins lucrativos, nós da Pixeon reforçamos nosso compromisso de sempre buscar novas soluções para ajudar no cuidado ao paciente. Tentamos contribuir de maneira a evitar que pessoas que não tenham quadro de Covid-19 se exponham desnecessariamente ao ambiente hospitalar e corram o risco de um contágio no local”, afirma Armando Buchina, CEO da Pixeon.

Apesar de já prestar um serviço de grande impacto por ajudar a preservar o isolamento social, em até 30 dias, as empresas almejam lançar no portal uma nova funcionalidade: o redirecionamento para consultas virtuais por meio de tecnologias de telemedicina, evitando assim, que o vírus se espalhe ainda mais pelo país. O CFM – Conselho Federal de Medicina decretou a Resolução CFM No. 1.643, de 26 de agosto de 2002 e oficio CFM No. 1756/2020 reconhecendo a possibilidade de adoção de teleconsulta, teleorientação e telemedicina para monitoramento e orientação neste combate da COVID-19, mas recentemente o Ministério da Saúde publicou no Diário Oficial da União (D.O.U) a PORTARIA No 467, DE 20 DE MARÇO DE 2020 que estende tal utilização.

“Além de realizar a triagem e o direcionamento para consultas presenciais em hospitais e clínicas, nós entendemos que habilitar a nova funcionalidade de agendamento de consultas via Telemedicina é fundamental para que, aos poucos, o vírus pare de se espalhar”, conclui Buchina.

SPDM migra 8 mil contas para Office 365 de 44 empresas de saúde

Artigo anterior

Como escolher o notebook ideal para o consultório odontológico?

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais News