terça-feira, junho 18, 2024
Home News GoGood, startup de wellness corporativo, recebe aporte da Dasa

GoGood, startup de wellness corporativo, recebe aporte da Dasa

por Redação
0 comentário

A GoGood, empresa de tecnologia voltada para o bem-estar corporativo, anunciou no no fim de dezembro a captação de uma rodada pre-series A com a Dasa, maior rede de saúde integrada do Brasil e detentora de marcas importantes no cenário nacional. Antes da captação, cujo valor não foi revelado, a startup já contava com investidores de renome, como a Canary, e executivos de empresas como Nubank e Michael Page.

Fundada em 2016 por Bruno Rodrigues (foto) e Leonardo Borba, a GoGood opera em um modelo de benefício corporativo, possibilitando até 70% de desconto para os colaboradores em uma jornada de bem-estar completa. A plataforma dá acesso a mais de 1.300 academias em 17 estados diferentes, além de nutricionistas, psicólogos, personal trainers e médicos.

Segundo Rodrigues, CEO da GoGood, “o momento de mercado nos fez priorizar não apenas aumento de faturamento, mas eficiência operacional. Crescemos rapidamente, e agregamos à nossa margem. Acreditamos no tripé de qualidade, crescimento e eficiência como alavanca da organização para os próximos anos, nesse sentido, a Dasa trouxe a oportunidade certa na hora certa”.

O aporte feito pela Dasa vai ajudar a empresa a ampliar sua atuação nos mais de 17 estados que está presente, especialmente na Região Sul, onde em Santa Catarina já detém a liderança. “Nossa avaliação é que bem-estar nunca esteve tão presente na mente das pessoas e na pauta das empresas. E temos orgulho em poder ajudar a acelerar esse mercado em regiões que temos a liderança, com mais e melhores academias”, complementa o CEO.

Segundo Fabiana Salles, diretora de engajamento de startups da Dasa, “o que nos faz escolher uma startup é a competência empreendedora do time, o que ele já realizou e sua força para novas realizações no futuro, além de sua capacidade de reajustar a rota. Outros pontos importantes que avaliamos é o potencial de sinergia com a Dasa e se o parceiro em potencial entende a saúde com um olhar ampliado, que vai além do diagnóstico e tratamento, contempla o estímulo às pessoas a estarem no centro do cuidado com a sua saúde. A partir disso é possível oferecer mais soluções que tragam bem-estar e qualidade de vida ao maior número de pessoas, o que é uma premissa para nós”.

A capacidade de engajar o usuário é o principal diferencial da startup. Através de seu sistema de cashback, os clientes da GoGood utilizam a academia em média dez vezes por mês, o dobro da utilização de plataformas comparáveis.

E foi justamente no engajamento do usuário que a Dasa enxergou oportunidade de alavancar o crescimento da startup. “Com a GoGood, quem mais frequenta as academias paga menos. Gerar engajamento em hábitos saudáveis sempre esteve no nosso DNA. E a baixa utilização de academias é um dos principais desafios da indústria. Usamos tecnologia e gamification para dobrar a frequência de uso do mercado. Quem usa a GoGood três vezes por semana, paga menos. E isso motiva as pessoas a seguirem seus hábitos. Em um segmento de baixa utilização, entregamos pessoas duas vezes mais saudáveis que as outras soluções”, afirma Bruno.

A GoGood recebeu assessoria financeira da LKC Capital na transação.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias