terça-feira, junho 25, 2024
Home News Farmácia Popular alcançou 5,5 milhões de paulistas em 2023

Farmácia Popular alcançou 5,5 milhões de paulistas em 2023

Em todo o país, 22 milhões de brasileiros foram beneficiados pelo programa. São 31 mil estabelecimentos cadastrados em 4,5 mil cidades

por Redação
0 comentário

Apenas seis meses após o anúncio da retomada e ampliação, o programa Farmácia Popular já apresenta o melhor resultado dos últimos quatro anos: 22 milhões de brasileiros tiveram acesso a medicamentos gratuitos ou com preço subsidiado. São Paulo apresentou melhor resultado em relação ao mesmo período de 2022. Até novembro deste ano, 5.521.700 paulistas tiveram acesso a medicamentos pelo programa. Com isso, 373.595 pessoas que haviam deixado de ser atendidas no último ano conseguiram acesso aos produtos farmacêuticos. 

Atualmente, o Farmácia Popular está presente em 4.515 municípios brasileiros, 81% das cidades brasileiras, sendo 618 em São Paulo. São quase 31 mil estabelecimentos credenciados em todo o país, 6.451 no estado. No mês de junho, o Governo Federal ampliou o programa com a expansão da oferta de medicamentos e o credenciamento de novas unidades em municípios de maior vulnerabilidade. Desde então, em uma ação inédita, todos os beneficiários do Bolsa Família podem retirar os 40 medicamentos para 11 doenças disponíveis no programa gratuitamente. 

Entre junho e novembro 2023, o Farmácia Popular atendeu 368.007 beneficiários do Bolsa Família em São Paulo, com a dispensação de 154,4 milhões de medicamentos e fraldas geriátricas, com investimento de mais de R$ 23,8 milhões do Ministério da Saúde. Em todo o país, mais de dois milhões de beneficiários do Bolsa Família foram atendidos, com a retirada de 945 milhões de produtos farmacêuticos. Um crescimento de 23,9% no número de pacientes atendidos e um aumento de 19,8% no número de retiradas feitas por pessoa do Bolsa Família. 

O programa também ampliou o acesso farmacêutico para cuidado com a saúde da mulher, com aumento no número de usuárias e na dispensação de medicamentos. Em todo o país, 167.398 mulheres foram atendidas pela nova medida. Em São Paulo, este ano, 128.342 mulheres retiraram 926.760 medicamentos indicados para o tratamento de osteoporose e contraceptivos, que eram oferecidos com preços mais baixos (50% de desconto) mas agora integram o rol de gratuidade. 

Até o momento, neste ano, foram credenciadas 236 novas farmácias e drogarias em 186 municípios do país. A expectativa do Ministério da Saúde é universalizar o programa, cobrindo 93% do território nacional, com assistência em 5.207 locais. A prioridade foi para os municípios que participam do programa Mais Médicos, 94,4% deles nas regiões Norte e Nordeste. 

Fonte: GOV.BR

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias

© Copyright 2022 by TI Inside