NewsNewsletter

Equipamento promete reduzir até 80% dos casos de intubação por COVID-19

0

Um pequeno equipamento vem ajudando a salvar vidas nesta pandemia de COVID-19. Trata-se do Precision Flow com tecnologia Hi-VNI (terapia de alta velocidade), desenvolvido nos Estados Unidos e que passou a ser adotado por mais de 160 hospitais brasileiros. Mundialmente, até junho, mais de 2,3 milhões de pacientes foram tratados com o auxílio dessa solução.

O sistema Precision Flow com tecnologia Hi-VNI, desenvolvido pela Vapotherm, dá mais velocidade ao fluxo de oxigênio para pacientes com desconforto respiratório indiferenciado, podendo reduzir em até 80% a necessidade de intubação. O uso do sistema promove a reversão dos quadros de insuficiência respiratória pulmonar aguda, sem processos invasivos e em curto espaço de tempo.

Segundo Lourival Nunes, diretor de desenvolvimento de negócios medicinais da White Martins, uma cânula nasal de ponta estreita é inserida na narina do paciente, mantendo até 50% da narina desobstruída. A terapia é destinada a pacientes em respiração espontânea com necessidade de suporte ventilatório e oxigênio de forma precisa, sem necessidade de máscaras. A solução não é invasiva, por isso mais segura, permitindo desfechos de sucesso mais rápidos e eficazes. Tudo isso se traduz em menor tempo de internação e redução de custos para os hospitais.

O paciente não precisa ser sedado e pode falar, comer, beber e receber medicamentos por via oral, sem retirada do suporte ventilatório. O dispositivo reduz ainda o risco de broncoaspiração, pois permite a deglutição e alimentação de forma natural.

Outra vantagem é que o oxigênio entregue ao paciente é aquecido e umidificado, o que proporciona um efeito broncodilatador secundário, facilitando sua respiração, prevenindo trauma de vias aéreas superiores e ajustando o manejo de secreções. Além disso, o uso da cânula previne lesões de face e narinas.

A fisioterapeuta coordenadora da UTI, Aline Pereira de Souza explica que teve redução de 80% de intubação nos pacientes, em função do novo método.  Hoje utilizada por grandes hospitais privados, a tecnologia tem grande potencial para uso em serviços públicos, pois reduz o custo do sistema saúde; melhora indicadores financeiros e pode reduzir as filas de transferências de pacientes para hospitais de maior complexidade.

Sobre a Vapotherm

A Vapotherm é uma empresa global de tecnologia médica com foco em soluções não invasivas para suporte a pacientes com dificuldades respiratórias. Até junho de 2020, mais de 2,3 milhões de pessoas foram tratados mundialmente com o sistema Precision Flow Hi-VNITM, desenvolvido pela companhia. No Brasil, 160 hospitais já disponibilizam essas soluções.

O Precision Flow Hi-VNITM proporciona terapia ventilatória de alto fluxo por meio de uma cânula nasal, sem intubação ou uso de máscaras. Clinicamente validados, apresentam resultados clínicos e segurança superior ao de outras soluções de suporte ventilatório comumente disponibilizadas em hospitais.

Em meio à pandemia de COVID-19, a tecnologia da Vapotherm é adotada como padrão ouro para o tratamento hospitalar dos pacientes. Seu uso aumento os níveis de oxigenação sanguínea e redução da necessidade de intubação como também a propagação do novo coronavírus no ambiente.

Busca por empresas farmacêuticas aumentou 20% em 2020

Artigo anterior

Telessaúde vai ser parte essencial do novo normal pós-pandemia no Brasil

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais News