quinta-feira, maio 30, 2024
Home Inovação Inteligência Preditiva significa uma revolução para a saúde

Inteligência Preditiva significa uma revolução para a saúde

por Redação
0 comentário

Muito se fala em prevenção, mas pouco se sabe sobre os impactos da utilização da Saúde Preditiva, como ferramenta de extrema importância para a descoberta precoce de doenças silenciosas — como hipertensão e diabetes —, por exemplo, que acometem mais de 50% da população mundial, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Foi justamente com esse propósito que a Wellness Advanced Center (WAC) desenvolveu uma tecnologia para o Mapeamento do Prognóstico de Saúde Física Imediato, através da utilização da Plataforma de Inteligência Artificial Preditiva, na qual cruza as informações da ciência médica com a ciência de dados.

Atualmente, a gestão da saúde está mais direcionada ao tratamento das patologias e não em identificar fatores que possam influenciar diretamente no desenvolvimento de possíveis doenças. Desta forma, é preciso uma mudança neste cenário para que o paciente tenha o conhecimento das consequências do seu atual estado de saúde e esteja ciente sobre a projeção de sua saúde futura. Por isso a importância da Saúde Preditiva, que traz benefícios como a antecipação do tratamento, a redução de gastos e desperdícios médicos, aumento da produtividade e uma vida mais ativa e saudável.

Uma das inovações mais relevantes da WAC, o Prognóstico de Saúde Atual e a Projeção do Estado de Saúde Física, vem ao encontro dessa mudança de cenário. Com ele, é possível antecipar a probabilidade de desenvolver as principais Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) — hipertensão, infarto, AVC e diabetes tipo 2 —, em até dez anos. Dessa forma, pode-se evitar ou diagnosticar mais rapidamente essas doenças, além de realizar um tratamento mais assertivo, seja por meio de medicamentos e/ou mudança no estilo de vida. A agilidade na leitura dos laudos, que é de fácil compreensão e a rapidez de sua finalização — fica pronto em apenas 30 minutos — também estão entre os seus diferenciais. “A partir deste laudo, médico e paciente poderão tomar decisões mais assertivas em conjunto”, afirma a sócia-fundadora da WAC, Lísia Buarque.

A utilização da plataforma em grande escala poderá gerar uma série de impactos positivos para toda a cadeia de valor da saúde, “já que inúmeras pessoas poderão ser testadas e orientadas a buscarem os profissionais médicos mais rapidamente, aumentando a chance de tratamentos mais eficientes”, afirma Lísia. Segundo a OMS, as DCNT são responsáveis por cerca de 70% das mortes ocorridas no mundo em 2019 e a principal causa de morte na população brasileira entre 30 e 69 anos. Também, de acordo com a entidade, 40% da população que possui Diabetes Tipo 2, ainda não foi diagnosticada. “Nosso objetivo, ao desenvolver a Plataforma de Inteligência Preditiva, foi auxiliar o sistema de saúde nesse mapeamento rápido e acessível, uma vez que essas doenças são totalmente silenciosas”, explica Lísia.

Por ser um dos maiores problemas de saúde no Brasil, as DCNT representam, anualmente, um gasto de cerca de R$ 8,8 bilhões para o Sistema Único de Saúde (SUS), conforme dados do Ministério da Saúde. “Por isso é tão importante utilizar dados preditivos, pois o mapeamento precoce direciona ações estratégicas mais eficientes e também facilita no monitoramento da saúde em tempo real”, finaliza Lísia.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias