terça-feira, junho 25, 2024
Home News Pague Menos anuncia 2º tri com Ebitda de R$ 271,5 milhões e aumento de capital

Pague Menos anuncia 2º tri com Ebitda de R$ 271,5 milhões e aumento de capital

por Redação
0 comentário

A Empreendimentos Pague Menos (PGMN3) encerrou o segundo trimestre com Ebitda ajustado consolidado de R$ 271,5 milhões, cifra 28,9% acima na comparação com o mesmo período de 2022, e receita bruta consolidada de R$ 3 bilhões, 35,9% superior ao registrado no trimestre anterior. Um dos destaques do período foi o crescimento das vendas, chegando 35,9% no consolidado.

“Esse aumento é o resultado de uma combinação saudável de crescimento em lojas maduras e expansão orgânica, além da consolidação da Extrafarma”, explica Mário Queirós, CEO da Pague Menos e Extrafarma. “Além do incremento significativo de market share nas regiões Norte e Nordeste em decorrência da integração com Extrafarma, crescimento muito importante na região Centro-Oeste e Sudeste”, afirma.

A companhia também registrou aumento nas vendas omnichannel, com R$ 342,8 milhões, crescimento de 60,9% em relação ao mesmo período de 2022. Ao todo, os canais digitais da companhia representaram 11,4% da receita consolidada, aumento de 0,2 ponto percentual em relação aos primeiros três meses do ano. Já o canal de vendas de maior destaque no período foi o e-commerce, que cresceu 74% na comparação com o segundo trimestre de 2022. Também houve crescimento de tráfego (71%), downloads do app (55%) e usuários ativos (47%). “Nosso ritmo de aumento das vendas via canais digitais mais uma vez superou a média de mercado, gerando crescimento do nosso market share online”, comemora Queirós.

O mix de vendas da companhia também evoluiu de forma favorável no período, com crescimento acima de 20% em categorias como medicamentos genéricos, higiene e beleza e dermocosméticos. “O resultado positivo é fruto de um planejamento assertivo na expansão do sortimento, competitividade nos preços e boa execução do planejamento das lojas”, pontua Queirós. Os itens de marca própria ganharam relevância em ambas as bandeiras, chegando a 6,8% das vendas na Pague Menos e 5,6% na Extrafarma.

Além disso, houve uma evolução favorável nos índices de ruptura de estoques, que atingiram o menor patamar em Pague Menos desde o final de 2021. Em paralelo, a média de sortimento ativo por loja atingiu 10,7 mil SKUs (unidades de manutenção de estoque), crescimento de 8,8% em relação ao segundo trimestre de 2022. Já em Extrafarma, que antes da integração contava com índice de ruptura cerca de duas vezes superior ao de Pague Menos, a disponibilidade de produtos no trimestre foi semelhante à registrada em Pague Menos.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias

© Copyright 2022 by TI Inside