NewsNewsletter

Healthtech cria solução de agendamento de consultas para pessoas sem plano de saúde

0
student-849825_640.jpg

Com o último reajuste autorizado pela Agência Nacional de Saúde (ANS), de 15,5% em maio, contratar um plano de saúde está cada vez mais distante de caber dentro do orçamento da maioria dos brasileiros. Neste cenário, quase 100 milhões de pessoas sem plano de saúde no Brasil utilizam serviços privados na hora de cuidar da saúde. Uma startup criada no sul do país nasceu com o objetivo de atender essa demanda urgente. Trata-se  da healthtech Fácil Consulta, que oferece um marketplace de consultas médicas tornando o serviço até 60% mais barato aos pacientes que pagam pelo serviço particular e trazendo remunerações mais justas aos médicos.

A solução oferecida pela startup reduz o preço médio da consulta da seguinte forma: boa parte da demanda dos consultórios médicos vem através dos planos de saúde, com esses repasses por parte dos planos com valores muito inferiores ao preço particular da consulta. O médico cadastrado na plataforma do Fácil Consulta cobra pela consulta um valor que fica no meio termo, reduzindo o custo para o paciente e trazendo mais receita e pacientes para o médico do que as consultas vindas do plano.

“Antes de lançar o Fácil Consulta, realizamos visitas presenciais a mais de 200 consultórios médicos, e a insatisfação com os valores repassados pelas operadoras era sempre igual. Por outro lado, os pacientes reclamavam que a consulta particular custava muito caro e era inacessível. Além disso, a experiência de agendamentos era frustrante e zero digitalizada, feita da mesma forma há 50 anos. Estávamos certos de que isso precisava mudar e enxergamos uma oportunidade de agregar valor para ambos os lados. Deu certo”, explica Ramiro Martins, CEO e fundador do Fácil Consulta.

Só no primeiro trimestre deste ano, a Fácil Consulta realizou mais de 10 mil agendamentos com 400 mil acessos mensais à plataforma e 750 médicos parceiros. A startup também viu o faturamento do primeiro trimestre de 2022 crescer 60% em relação ao mesmo período do ano anterior. Já bem consolidada na região sul do país, a startup tem um plano ambicioso de estar presente em mais de 100 cidades, incluindo grandes capitais brasileiras, no médio prazo. Para acelerar esse plano de expansão, a empresa abriu uma rodada de captação na EqSeed, plataforma de investimentos online em startups. A meta é captar R$ 1,3 milhão. Até o momento, já foram captados R$700 mil.

Intensificada pela pandemia da covid-19, a demanda por tecnologias disruptivas no setor de saúde não para de crescer. De acordo com um estudo realizado pela Liga Ventures e PwC Brasil, os investimentos nas startups do meio chegaram na casa do R$1,79 bilhão entre 2021 e 2022. Além disso, desde 2019, ano pré-pandemia, o número de healthtechs ativas cresceu em uma média de 13,7% nos estados. 

“Mesmo no atual cenário econômico, grandes valores têm sido alocados para investimentos em healthtechs, se tornando um segmento cada vez mais presente no portfólio de grandes investidores. O Fácil Consulta tem apresentado um crescimento sólido e resolve um problema que atinge milhões de brasileiros, então é uma startup de grande potencial”, afirma Igor Monteiro, diretor de negócios da EqSeed.

Empresa usa futebol para explicar genética do câncer em animação no YouTube

Artigo anterior

Grupo DPSP investe na formação digital de funcionários em parceria com a ComSchool

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode gostar

Mais News