GestãoNewsNewsletter

Consulta online que alia IA e Telemedicina já atendeu mais de 18 mil pessoas em Blumenau

1

Os mais conhecidos sintomas do novo coronavírus podem ser facilmente confundidos com dezenas de outros diagnósticos. E isso acaba levando muita gente aos pronto-atendimentos sem necessidade. Pensando em reduzir o fluxo de pessoas nesses ambientes, onde a chance de contaminação é muito grande, um grupo de empresas, com o apoio da Prefeitura Municipal de Blumenau, criou o Doktor Live.

A plataforma usa Inteligência Artificial e profissionais de saúde que estão em home office para realizar uma consulta remota, sem que, nem os profissionais, nem a população saiam de casa para tirar dúvidas.

Desde que foi implantada, há quatro meses, a plataforma já realizou mais de 18 mil atendimentos. Entre eles, 3,3 mil foram considerados casos suspeitos. A consulta médica remota aconteceu em 94% destes casos, totalizando 3,1 mil atendimentos. O apoio de psicólogos foi oportunizado a 163 pessoas.

O atendimento através do Doktor Live é realizado em duas etapas. Na primeira, a interação é com uma inteligência artificial. Através de perguntas e respostas, o usuário pode tirar dúvidas e entender se o que está sentindo pode ter relação com o coronavírus.

Com essas informações, caso seja detectada a possibilidade de realmente ser um caso de Covid-19, a conversa passa a ser com um médico. A consulta é imediata e gratuita, também pelo WhatsApp. O profissional de saúde, sem sair de casa, poderá ouvir mais sobre as vivências do paciente e orientá-lo a buscar ajuda da forma correta e no local adequado.

A tecnologia foi desenvolvida pelas empresas Ezok e Lector. São patrocinadoras do projeto: Viacredi, Seven Comunicação, Cuka Filmes, HBSIS, Sociedade Maçônica Regional (Somar) e Melz Assessoria de Imprensa.

Para ter acesso ao atendimento, o link é: www.doktorlive.com.br. Ao clicar em “quero fazer uma consulta”, imediatamente o usuário é redirecionado para o WhatsApp.

Cápsula de baixo custo ajuda Manaus no combate à Covid-19

Artigo anterior

Hospital Alemão Oswaldo Cruz inicia testes de tecnologia de monitoramento de pacientes

Próximo artigo

1 Comentário

  1. […] simples para entenderem se há necessidade de consulta ou internação. A plataforma já atendeu mais de 18 mil pessoas em […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais Gestão