InovaçãoNewsletter

Cedars-Sinai lança divisão de inteligência artificial

0

A Cedars-Sinai, de Los Angeles, EUA,  criou uma nova divisão chamada Inteligência Artificial em Medicina, com a intenção de aprimorar o atendimento clínico. Liderado por Sumeet Chugh, MD, diretor associado do Smidt Heart Institute e especialista em parada cardíaca, o IAM pretende usar técnicas de inteligência artificial para melhorar a saúde da população em várias condições, incluindo ataques cardíacos.

“Através do uso da inteligência artificial aplicada, podemos resolver as lacunas existentes nos mecanismos, diagnósticos e terapêuticas das principais doenças humanas que afligem grandes populações”, disse Paul Noble, MD, professor de medicina, presidente do Departamento de Medicina e criador da nova divisão, no comunicado de imprensa.

O IAM já publicou estudos relacionados aos seus esforços. Um estudo publicado no Journal of Nuclear Medicine descreve o uso da IA ​​para decifrar o risco de ataque cardíaco em pacientes e como o AIM foi útil. A divisão foi capaz de usar algoritmos para identificar quais pacientes com doença arterial coronariana tinham maior chance de ter um ataque cardíaco.

Um estudo na Jama Cardiology também descreveu pesquisas sobre duas condições cardíacas conhecidas como cardiomiopatia hipertrófica e amiloidose cardíaca e como uma ferramenta desenvolvida pela IAM ajudou os cardiologistas a identificar essas condições.

“Essas duas condições cardíacas são um desafio para cardiologistas experientes identificarem com precisão e, portanto, os pacientes geralmente levam anos a décadas antes de receber um diagnóstico correto”, disse David Ouyang, MD, cardiologista do Smidt Heart Institute e membro do IAM, no comunicado de imprensa. “Nosso algoritmo de IA pode identificar padrões de doenças que não podem ser vistos a olho nu e, em seguida, usar esses padrões para prever o diagnóstico correto”.

Junto com o AIM, pesquisadores do Cedars-Sinai planejam criar vários outros programas que focam na eficácia da IA.

ANS abre consulta pública sobre resolução que atualiza o Rol de Procedimentos

Artigo anterior

SAÚDE DIGITALK entrevista Guilherme Rabello, head de Inovação do InovaInCor

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode gostar