NewsNewsletter

Philips lança plataforma para patologia que integra IA e sistema de informações laboratoriais

0

Philips anunciou nesta sexta-feira, 15, o lançamento de sua solução de patologia digital de última geração, levando a patologia digital para o centro da informática de saúde em toda a empresa. Philips Digital Pathology Suite – IntelliSite – apresenta um conjunto abrangente e escalonável de ferramentas de software e recursos projetados para ajudar a otimizar os fluxos de trabalho, aumentar a confiança no diagnóstico, facilitar a colaboração da equipe, integrar inteligência artificial (IA) e aumentar a eficiência dos laboratórios de patologia. 

O Philips Digital Pathology Suite oferece uma gama de soluções projetadas para diferentes casos de uso com um custo de propriedade acessível. Desde laboratórios de baixo volume ou pequenos laboratórios independentes, onde pequenos lotes de slides são continuamente processados e digitalizados, até laboratórios de médio e grande porte que operam fluxos de trabalho de processamento de lote de alto volume. O hardware também é pré-equipado para digitalização de slides em várias camadas. As imagens são capturadas em uma plataforma de informática centralizada que foi otimizada em torno dos fluxos de trabalho dos patologistas, integrando-se às principais ferramentas e algoritmos de IA de terceiros com o objetivo de reduzir ainda mais os custos do laboratório e aprimorar os recursos de diagnóstico. 

“Os recursos de diagnóstico integrados são a base para um diagnóstico preciso e seleção de vias de atendimento personalizado para pacientes oncológicos e somente quando os dados e as especialidades trabalham juntos em harmonia é que a promessa final de atendimento pode ser realizada”, disse Louis Culot, gerente geral de informática de oncologia da Philips. “É por isso que reunir várias partes do contínuo da saúde – como radiologia, patologia e genômica – é a chave para um novo paradigma de precisão diagnóstica. Ao fornecer aos patologistas a interoperabilidade e a conectividade para compartilhar imagens de alta qualidade e percepções diagnósticas em redes, O Philips Digital Pathology Suite os posiciona como principais interessados nos sistemas de saúde baseados em dados do futuro.” 

O Digital Pathology Suite inclui uma gama de três scanners de slides de patologia, bem como Pathology Workspace – Image Management System – um conjunto abrangente de ferramentas de software e recursos que abrangem todas as fases do processo de patologia digital, incluindo um sistema de gerenciamento de imagem avançado, interoperabilidade bidirecional em sistemas de informação de laboratório e um visualizador de caso que facilita análises multidisciplinares de casos e seleção de vias de atendimento. A confiança no diagnóstico é aprimorada pela excelente qualidade de imagem e algoritmos avançados, como a detecção automática da forma do tecido e a otimização não retangular de regiões de interesse. A interoperabilidade de dados independente do fornecedor também permite o fácil compartilhamento de dados histológicos centrados no paciente entre empresas e locais. 

Seguros Unimed supera R$ 200 mi em indenizações por Covid-19

Artigo anterior

Com aporte de R$ 440 milhões, Bionexo passa a ser avaliada em R$ 1 bi

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais News