NewsNewsletter

TikTok se une à Fiocruz, Instituto Butantan, ONU e organizações do Todos pelas Vacinas para combater a desinformação com ciência e criatividade

0

O TikTok anunciou nesta sexta-feira (14) parceria com a ONU, organizações do Todos pelas Vacinas, Instituto Butantã e Fiocruz para atuar no combate à desinformação sobre a COVID-19. A plataforma atuará junto com as iniciativas Verificado e Equipe Halo das Nações Unidas, Instituto Butantan , Fiocruz , Fundo das Nações Unidas pela Infância (UNICEF), Observatório COVID-19, Infovid , Rede Análise COVID-19, Blogs de Ciência da UNICAMP , Projeto Divulgar , Pretty Much Science e UPVacina para compartilhar informações confiáveis de forma criativa e acessível para a população.

O objetivo é dar acesso a informações de saúde corretas e reforçar a importância dos cuidados para prevenir a propagação da COVID-19. Desde março do ano passado, o TikTok tem trazido informações científicas sobre a COVID-19 e combatido a desinformação sobre a pandemia, além de ter ajudado a criar um forte espírito de comunidade e conexão através de vídeos criativos e inspiradores para entreter as pessoas durante períodos de distanciamento social. Em todo o mundo, o TikTok tem trabalhado com organizações de saúde renomadas e especialistas para apresentar informações confiáveis.

No Brasil, o TikTok está convidando criadores de conteúdos para usar a hashtag #InfoCovid para produzir vídeos com conteúdos pré-selecionados por representantes das organizações parceiras. Um comitê de entidades de saúde se reunirá para definir as prioridades, a fim de ajudar os criadores com os roteiros, buscando garantir que as informações postadas tenham respaldo científico. As pessoas podem usar a hashtag #InfoCovid para descobrir conteúdos da comunidade do TikTok na aba “Descobrir”. Além disso, os vídeos estarão disponíveis em uma página exclusiva, que trará informações atualizadas da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre a prevenção contra a COVID-19 e sobre vacinas.

Lives Semanais – Durante o período da campanha, o TikTok irá promover lives todas às terças-feiras com especialistas no tema para tirar dúvidas sobre o atual momento da pandemia. A primeira live será com o diretor do Instituto Butantan, Dimas Tadeu Covas, e a coordenadora executiva do Todos pelas Vacinas, Flavia Ferrari, no dia 18 de maio às 17h.

#CadaUmDeNós – O TikTok está se unindo a campanha #CadaUmDeNós. Com a ação, a ONU busca reforçar a importância das medidas de prevenção contra a doença e difundir a urgência do acesso justo e equitativo das vacinas contra a COVID-19. A plataforma está incentivando toda a comunidade do TikTok a se juntar à campanha postando vídeos com a hashtag #CadaUmDeNós, mostrando que a pandemia só será controlada se cada pessoa fizer a sua parte, o que inclui usar máscara, manter distanciamento social, higienizar as mãos e tomar a vacina quando ela estiver disponível.

Doações – Em 2020, o TikTok doou cerca de R﹩15 milhões para ajudar no combate à pandemia. Foram investidos em compras de equipamentos hospitalares, como respiradores, e de cestas básicas para a população necessitada. O apoio cobriu todas as regiões do Brasil, inclusive comunidades indígenas e periféricas. Para 2021, o TikTok continuará ajudando a mitigar os impactos da pandemia através de doações, levando em consideração os principais desafios do contexto atual.

Combate à Desinformação – Ao trazer conteúdo educacional feito por parceiros preparados, o TikTok continua fortalecendo os recursos oferecidos sobre a pandemia no aplicativo. A página exclusiva de informações sobre a COVID-19 já foi vista mais de 2,6 bilhões de vezes e é atualizada constantemente com novas informações e orientações da Organização Mundial de Saúde sobre vacinas e sobre a COVID-19.

O TikTok trabalha para identificar e remover desinformação sobre a COVID-19. A maior parte dos vídeos enganosos sobre o coronavírus têm sido removidos em menos de 24 horas após terem sido postados, conforme detalhado no Relatório de Transparência do aplicativo. O TikTok está investindo em novos mecanismos de detecção para diminuir essa lacuna e melhorar a eficácia.

ibyte disponibiliza aplicativo para atendimento psicológico de colaboradores

Artigo anterior

Dasa anuncia criação do maior banco genômico de SARS-CoV-2 do Brasil para combate à Covid-19

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais News