InovaçãoNewsNewsletter

Vigilantes do Sono amplia atuação com plataforma para médicos no tratamento de pacientes com insônia

0

O Vigilantes do Sono, programa digital de terapia cognitiva-comportamental para insônia (TCC-I) no Brasil, anuncia ao mercado o desenvolvimento de plataforma dedicada aos profissionais da saúde no tratamento dos pacientes com insônia. Com uma solução que alia Ciência Comportamental e Inteligência Artificial (AI), recentemente a startup desenvolveu um aplicativo com método que auxilia nas mudanças no comportamento proporcionando a quem tem dificuldades para dormir, melhora na qualidade do sono.

Com a nova frente de atuação, o intuito é que médicos e profissionais de saúde adotem a metodologia proposta como alternativa ou complemento ao tratamento medicamentoso, possuindo na plataforma um app que acompanha os pacientes no dia a dia e um portal web que os médicos podem usar para engajar e acompanhar a evolução do sono e hábitos do paciente.

De acordo com Lucas Baraças, fundador do Vigilantes do Sono, o plano é fornecer ao médico a possibilidade dele mesmo oferecer o tratamento considerado padrão OURO de melhoria do sono, que tradicionalmente tinha limitações financeiras e de profissionais capacitados para os pacientes. “Apesar de ser considerada o padrão ouro e recomendada como primeira linha de tratamento pelos principais consensos de sono do mundo, a TCC-I muitas vezes era usada como último recurso. Agora com a versão digital, damos na mão do médico a possibilidade dele oferecer o padrão ouro de uma forma prática, otimizando e enriquecendo a consulta”.

Baraças ressalta ainda que todo o suporte aos médicos e clínicas será feito por meio da plataforma disponibilizada pela startup. Nela, todas as informações estarão disponíveis para que, posteriormente, haja acompanhamento clínico e evolução da insônia e possíveis comorbidades.

Desde sua fundação, a startup tem dedicado esforços para ajudar pessoas, apenas no primeiro trimestre de atuação, cerca de 673 usuários utilizavam os métodos, hoje esse número é de 18.117 mil. O anúncio da nova plataforma destinada para médicos e clínicas, marca uma nova fase de negócios para a empresa.

Como projeção para o segundo semestre deste ano, o Vigilantes do Sono tem como objetivo aumentar ainda mais o número de usuários da plataforma. A expectativa é alcançar a marca de 100 mil até o final de 2021. “Ao longo do nosso processo de aprendizado com o público final conseguimos estruturar uma ferramenta para apoiar os profissionais da saúde no tratamento dos pacientes com insônia”, esclarece Baraças.

Marketplaces de Saúde apostam na agregação de diferentes propostas de serviços de saúde

Artigo anterior

Qiagen traz tecnologia que permite por meios de sistemas PCR Digital mapear variantes do SARS COV-2

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar