sexta-feira, abril 12, 2024
Home Inovação Teste que avalia o melhor tratamento para 7 tipos de câncer chega ao Brasil

Teste que avalia o melhor tratamento para 7 tipos de câncer chega ao Brasil

por Redação
0 comentário

Avanços recentes nas técnicas de cultura celular demonstraram que era possível realizar o cultivo tridimensional a partir de amostras de tecidos humanos, saudáveis ou doentes, recapitulando a heterogeneidade celular, estrutura e funções de seus órgãos de origem. Desde então, os “organoides”, assim denominados, representaram um novo mundo de possibilidades para os pesquisadores. No caso dos organoides tumorais, gerados a partir de amostras de biópsia e ressecção de tumores de pacientes, este revolucionário modelo de cultura 3D possibilita a formação de estruturas celulares que preservam a configuração espacial, as interações celulares e as características originais do tumor. Dessa forma, a atividade de diferentes drogas anticancerígenas contra o tumor específico de cada paciente podem ser testadas diretamente em laboratório.

A novidade do teste Onco-PDO da Invitrocue é que pela primeira vez no Brasil é oferecido um teste com organoides derivados do paciente (PDOs) para testar fenotipicamente o efeito que diferentes drogas podem ter nas células tumorais de cada paciente. O teste visa auxiliar o médico na orientação da quimioterapia mais adequada para o paciente específico, em vez de seguir protocolos baseados em estudos da população geral. Com isso, o teste se torna um grande aliado para o oncologista traçar o plano de cuidados de cada paciente, representando um avanço tecnológico de grande relevância na medicina personalizada.

O teste Onco-PDO permite experimentar diferentes tratamentos com quimioterápicos e drogas de terapia alvo em laboratório sem que o paciente sofra os efeitos secundários gerados por estes tipos de medicamentos. Alguns tumores mostram-se resistentes a certas drogas e saber previamente as respostas das células tumorais do paciente para os diferentes tratamentos em laboratório contribui para a tomada de decisão dos médicos oncologistas.

Disponível no Brasil para câncer de mama, pulmão, colorretal, pancreático, gástrico, próstata e ovário, o teste Onco-PDO permite que o médico escolha oito de 60 drogas para testagem. O relatório, gerado em até 21 dias, fornece informações de como os organoides derivados do paciente responderam aos diferentes tratamentos testados. A resposta aos tratamentos é apresentada como porcentagem de resposta, onde 100% corresponde ao máximo de morte celular.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias

© Copyright 2022 by TI Inside