InovaçãoNewsNewsletter

techtools ventures lança empresa voltada para acelerar inovação em saúde

0

A techtools ventures, gestora de portfólio que lidera investimentos e co-investe com parceiros em startups de saúde, anuncia a criação da techtools health innovation, nova empresa que atuará como uma plataforma de aceleração de inovação e ganho de eficiência para hospitais, planos e operadoras de saúde, laboratórios clínicos e farmacêuticos e corporações, integrando sistemas legados com tecnologias inovadoras com alto grau de governança e personalização da experiência do paciente e do corpo clínico.

“Identificamos que existe uma oportunidade de unir gestão e inovação para que toda a cadeia de saúde se engaje no propósito de gerar valor para o paciente”, explica Jefferson Plentz, presidente da techtools ventures, que passa a acumular também a função de presidente do Conselho de Administração da nova techtools health innovation.

Uma experiencia bem sucedida já foi implantada em parceria com a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, que implantou o Programa de Inovação da techtools, para captar healttechs para inovar e atrair recursos para investimentos em inovações, para uma instituição pública que tem como receitar recursos advindos do SUS.

Com o uso de tecnologias integradas, segundo Plentz, é possível aumentar a eficiência e reduzir custos tanto no setor público quanto no setor filantrópico. “Todos entendem que é importante investir em inovação, mas não sabem como fazer isso. O gestor de saúde, seja de um hospital, de uma operadora ou de outra empresa do setor tem medo investir em inovação e não ter resultados efetivos. Queremos apoiar os gestores em todas as etapas do processo de inovação, contribuindo para o ganho de eficiência, aumento de receitas e redução dos custos, resultando na melhoria dos serviços, sempre focando nos benefícios aos pacientes”, comenta.

Ele cita alguns exemplos, como o caso da startup  HelpBell, que usa uma solução de processos robóticos (RPA) para permitir a redução do tempo total de faturamento, a quantidade de erros e o tempo de reembolso por parte dos convênios de saúde; também o projeto interno da Santa Casa que usa inteligência artificial para realizar a conferência e triagem de prescrição médica nos processos da Farmácia Clínica, com o objetivo de reduzir incidência de erros oriundos de prescrição médica, aumentando a segurança do paciente.

Plentz explica que essa experiência foi a base para implantar uma solução similar que trouxe resultados positivos no atendimento da saúde pública de Minas Gerais, que modernizou o atendimento à população nesse período Covid. “Agora estamos lançando a plataforma como uma atividade independente, tendo em vista o potencial comprovado para atender instituição privadas, públicas e filantrópicas,” enfatiza.  A expectativa da empresa é faturar R$ 1 bilhão até 2026 por meio da integração de soluções inovadoras com o ecossistema de saúde.

Serviços

A techtools health innovation oferecerá três serviços ao mercado. O Mapa de Inovação apoia clientes na otimização do ciclo de receitas e usa tecnologia de big data para identificar necessidades, oportunidades e prioridades de inovação.

O Atende Saúde é uma plataforma tecnológica que conecta o paciente aos serviços digitais de saúde, de forma personalizada e abrangente e integra as soluções inovadoras aos sistemas legados dos clientes, dando acesso a uma gestão mais eficiente, por meio de dashboards, indicadores, relatórios e outras ferramentas de decisão e governança entre instituições, bem como criando uma interface de trabalho personalizável para profissionais de saúde e adaptável para pacientes.

Este serviço usará a marca Atende Saúde nos casos em que a solução for contratada por instituições privadas ou filantrópicas. Já no caso de parcerias ou contratos com órgãos públicos, a marca adotada será Saúde Digital. Um exemplo é o Saúde Digital MG, desenvolvido pela techtools e doado à Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais para apoiar o governo no enfrentamento dos desafios trazidos pelo novo coronavírus. A ferramenta congrega soluções inovadoras e permite que pacientes usem a Inteligência Artificial para fazer uma auto avaliação de saúde através do aplicativo, incluindo risco para Covid-19, além de agendar e realizar tele consultas, tudo dentro da mesma plataforma.

Já o Programa de Inovação é uma consultoria para a estruturação do modelo de geração de valor e governança de inovação, requisitos fundamentais para que os hospitais e outros serviços de saúde atinjam modelos de sustentabilidade e crescimento.

Alianças estratégias

As duas empresas, techtools ventures e techtools health innovation, integram agora o techtools group, estrutura que possui uma rede global de captura de conhecimento e informações de inovação em saúde, com conexões com mais de 100 centros de P&D em 38 países e mais de 23 mil soluções inovadoras mapeadas.

A techtools health innovation já nasce expandindo essa rede global, com acordos recém firmados com as empresas Mexidine, Labmaster Medical Devices e Avatar Soluções em Saúde.

A Mexidine é uma empresa finlandesa de software em nuvem que desenvolveu uma plataforma completa para cuidados de saúde à distância, incluindo telemedicina, monitoramento remoto, ferramentas colaborativas e outros recursos. Também da Finlândia, a Labmaster produz testes para diagnósticos de saúde inovadores baseados em eletroluminescência catódica (C-ECL) para aplicações clínicas. O dispositivo portátil para o processamento de exames da Labmaster permite analisar até 300 tipos de diagnóstico, incluindo teste sorológico para Covid-19, com resultados automáticos e precisos entre 6 a 12 minutos, sem necessidade de acesso à internet para a conclusão de laudos clínicos.

Já a Avatar Soluções em Saúde é uma empresa brasileira especializada na otimização do ciclo de receitas de hospitais, planos e operadoras de saúde, com soluções tecnológicas, inovadoras, inteligentes e automáticas de gestão de processos.

Torre de vídeo EinsteinVision 3.0 da B. Braun é usada pela primeira vez em cirurgia por videolaparoscopia

Artigo anterior

Roche lança desafio de startups para encontrar solução que facilite diagnóstico de doenças raras

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar