InovaçãoNewsletter

UFG realiza maratona em busca de soluções para problemas no contexto da pandemia

0

Equipes de Goiás  de outros estados participam, nos meses de junho e julho,  do 1º. Ideathon Lab – Soluções Inovadoras de Prototipagem para Saúde, desafio proposto pela Universidade Federal de Goiás a estudantes, professores, pesquisadores, inventores e profissionais interessados na solução de problemas, no contexto da Covid -19 e de outros momentos críticos na saúde pública.

O desafio recebeu mais de 80 inscrições individuais,  representando, além da  UFG,  a  UNIP – Universidade Paulista de Goiás e de São Paulo, Universo GO – Universidade Salgado de Oliveira de Goiás, Estácio de Sá de Goiás (Estácio – GO), PUC – GO – Pontifícia Universidade Católica de Goiás e do Instituto INFNET (RJ).

As atividades começaram  no último dia 10 de junho com a liberação de conteúdos online  sobre criatividade, design thinking(soluções para problemas de forma colaborativa),  picth(apresentação resumida e direta de  ideias ou projetos), além de mentorias com especialistas em Saúde, Engenharias Mecânica e Elétrica, Modelagem Digital e Segurança do Trabalho.

“Este é o nosso primeiro desafio com atividades práticas de prototipagem. Nosso objetivo é contribuir com a disseminação da “cultura maker”. Nesse sentido, a Rede IPE Lab tem um importante papel em Goiás.  Estamos confiantes de que teremos boas ideias, que poderão contribuir neste momento de Covid 19 e de outros momentos de crise na saúde”, explica a pró-Reitora Adjunta de Pesquisa e Inovação e diretora de Transferência e Inovação Tecnológica da UFG, Helena Carasek.

Protótipos

Após as  etapas de ideação, desenho digital, validação e picth(por vídeo), demonstrando a aplicabilidade e funcionalidade  dos projetos,  5 equipes serão selecionadas para a fase de prototipagem, que ocorrerá nos próximos dias  03 a 05 de julho, e poderá ser desenvolvida na unidade I da  Rede Lab – Ideias Prototipagem e Empreendedorismo da UFG localizada  no Campus Samambaia, em Goiânia.

O protótipo é algo que serve como modelo  ou amostra  de algo que será fabricado ou comercializado. A finalidade  é que seus desenvolvedores possam registrar eventuais falhas e aperfeiçoar processos IPE Lab conta com impressoras 3D e outros equipamentos necessários a esses processos.

Segurança

“Os participantes que optarem por utilizar a estrutura do IPE Lab para a prototipagem deverão observar todas as medidas sanitárias para o controle da Covid-19”, afirma  o coordenador, professor  Pedro Henrique  Gonçalves. “Nosso  layout também será  modificado para garantir a segurança das equipes; forneceremos  EPIs – Equipamentos de Proteção Individual e haverá monitores  para tirar dúvidas”, conclui.

As equipes terão até o dia 9 de julho para entregar o protótipo físico no IPE Lab, e um vídeo pelo email: eventos.ceiufug@gmail.com, explicando a viabilidade e a funcionalidade da solução.

Etapa Final

A banca final virtual será formada no dia 11 de julho e terá como critérios de avaliação originalidade,  impacto nos cuidados da saúde, viabilidade técnica e viabilidade financeira.

As 3 equipes melhor classificadas receberão prêmios em dinheiro, sendo 5 mil para a primeira colocada, 3 mil para a segunda colocada e 2 mil para a terceira colocada. Todos os participantes receberão certificados.

Realização

O 1º.  Ideathon Lab é  uma realização da UFG por meio da  PRPI – Pró-Reitoria de Pesquisa Inovação e DTIT – Diretoria de Transferência e Inovação Tecnológica,  executada  pela Rede IPE Lab  e  pelo CEI – Centro de Empreendedorismo da UFG.

A iniciativa conta com  apoios do Sebrae, da Fapeg – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás,  Funtec – Fundação de Desenvolvimento de Tecnópolis, Funape – Fundação de Apoio à Pesquisa e da SEDI – Secretaria de Desenvolvimento  e Inovação de Goiás.

“Essa iniciativa procura unir o conceito de competição criativa com a prototipagem inovadora, viabilizada pela união de  esforços de dois organismos da UFG,  com competências complementares: O CEI, que entre outras coisas, possui experiência consolidada na organização de competições baseadas na criatividade, de outro lado, a rede IPE Lab, ambiente privilegiado de estímulo à prototipagem e à fabricação, a partir de ideias inovadoras. E isso tudo coroado por sua realização no âmbito da Campus Party, em parceria com a SEDI Goiás”, analisa o Pró-Reitor de Pesquisa e Inovação da UFG, Jesiel  Freitas Carvalho.

Teladoc lança aplicativo gratuito de consultas médicas online no Brasil

Artigo anterior

A COVID-19 e sua ABRACADABRA!

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar