terça-feira, abril 23, 2024
Home Inovação UFG realiza maratona em busca de soluções para problemas no contexto da pandemia

UFG realiza maratona em busca de soluções para problemas no contexto da pandemia

por Redação
0 comentário

Equipes de Goiás  de outros estados participam, nos meses de junho e julho,  do 1º. Ideathon Lab – Soluções Inovadoras de Prototipagem para Saúde, desafio proposto pela Universidade Federal de Goiás a estudantes, professores, pesquisadores, inventores e profissionais interessados na solução de problemas, no contexto da Covid -19 e de outros momentos críticos na saúde pública.

O desafio recebeu mais de 80 inscrições individuais,  representando, além da  UFG,  a  UNIP – Universidade Paulista de Goiás e de São Paulo, Universo GO – Universidade Salgado de Oliveira de Goiás, Estácio de Sá de Goiás (Estácio – GO), PUC – GO – Pontifícia Universidade Católica de Goiás e do Instituto INFNET (RJ).

As atividades começaram  no último dia 10 de junho com a liberação de conteúdos online  sobre criatividade, design thinking(soluções para problemas de forma colaborativa),  picth(apresentação resumida e direta de  ideias ou projetos), além de mentorias com especialistas em Saúde, Engenharias Mecânica e Elétrica, Modelagem Digital e Segurança do Trabalho.

“Este é o nosso primeiro desafio com atividades práticas de prototipagem. Nosso objetivo é contribuir com a disseminação da “cultura maker”. Nesse sentido, a Rede IPE Lab tem um importante papel em Goiás.  Estamos confiantes de que teremos boas ideias, que poderão contribuir neste momento de Covid 19 e de outros momentos de crise na saúde”, explica a pró-Reitora Adjunta de Pesquisa e Inovação e diretora de Transferência e Inovação Tecnológica da UFG, Helena Carasek.

Protótipos

Após as  etapas de ideação, desenho digital, validação e picth(por vídeo), demonstrando a aplicabilidade e funcionalidade  dos projetos,  5 equipes serão selecionadas para a fase de prototipagem, que ocorrerá nos próximos dias  03 a 05 de julho, e poderá ser desenvolvida na unidade I da  Rede Lab – Ideias Prototipagem e Empreendedorismo da UFG localizada  no Campus Samambaia, em Goiânia.

O protótipo é algo que serve como modelo  ou amostra  de algo que será fabricado ou comercializado. A finalidade  é que seus desenvolvedores possam registrar eventuais falhas e aperfeiçoar processos IPE Lab conta com impressoras 3D e outros equipamentos necessários a esses processos.

Segurança

“Os participantes que optarem por utilizar a estrutura do IPE Lab para a prototipagem deverão observar todas as medidas sanitárias para o controle da Covid-19”, afirma  o coordenador, professor  Pedro Henrique  Gonçalves. “Nosso  layout também será  modificado para garantir a segurança das equipes; forneceremos  EPIs – Equipamentos de Proteção Individual e haverá monitores  para tirar dúvidas”, conclui.

As equipes terão até o dia 9 de julho para entregar o protótipo físico no IPE Lab, e um vídeo pelo email: eventos.ceiufug@gmail.com, explicando a viabilidade e a funcionalidade da solução.

Etapa Final

A banca final virtual será formada no dia 11 de julho e terá como critérios de avaliação originalidade,  impacto nos cuidados da saúde, viabilidade técnica e viabilidade financeira.

As 3 equipes melhor classificadas receberão prêmios em dinheiro, sendo 5 mil para a primeira colocada, 3 mil para a segunda colocada e 2 mil para a terceira colocada. Todos os participantes receberão certificados.

Realização

O 1º.  Ideathon Lab é  uma realização da UFG por meio da  PRPI – Pró-Reitoria de Pesquisa Inovação e DTIT – Diretoria de Transferência e Inovação Tecnológica,  executada  pela Rede IPE Lab  e  pelo CEI – Centro de Empreendedorismo da UFG.

A iniciativa conta com  apoios do Sebrae, da Fapeg – Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás,  Funtec – Fundação de Desenvolvimento de Tecnópolis, Funape – Fundação de Apoio à Pesquisa e da SEDI – Secretaria de Desenvolvimento  e Inovação de Goiás.

“Essa iniciativa procura unir o conceito de competição criativa com a prototipagem inovadora, viabilizada pela união de  esforços de dois organismos da UFG,  com competências complementares: O CEI, que entre outras coisas, possui experiência consolidada na organização de competições baseadas na criatividade, de outro lado, a rede IPE Lab, ambiente privilegiado de estímulo à prototipagem e à fabricação, a partir de ideias inovadoras. E isso tudo coroado por sua realização no âmbito da Campus Party, em parceria com a SEDI Goiás”, analisa o Pró-Reitor de Pesquisa e Inovação da UFG, Jesiel  Freitas Carvalho.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias

© Copyright 2022 by TI Inside