GestãoNewsletter

Orange Business Services fornece rede de longa distância para Getinge

0

A Getinge, empresa global de produtos e sistemas de tecnologia médica, escolheu a Orange Business Services para implantar uma rede de longa distância definida por software (SD-WAN). A solução oferece suporte à multinacional com sede na Suécia, enquanto aumenta sua segurança e apoia sua estratégia de nuvem – a cloud-first.

A Orange vai conectar mais de 100 localidades da Getinge globalmente, simplificando o gerenciamento e a operação de sua infraestrutura. Além disso, a rede oferecerá flexibilidade, escalabilidade e visibilidade, melhorando a experiência do usuário e do cliente.

Devido à pandemia global, a Getinge adaptou partes de seus modelos de produção e suporte relacionados à produção de ventiladores avançados e dispositivos associados. A SD-WAN possibilita um suporte mais eficaz às mudanças rápidas no mercado. A Orange também fornece serviços de segurança na nuvem e na internet.

SD-WAN: ferramenta essencial para uma estratégia de cloud

Uma estratégia que prioriza a nuvem certamente traz mudanças. A SD-WAN oferece acesso seguro à nuvem, permitindo que o tráfego flua para a internet a partir da conexão mais próxima. A solução da Orange permite que a Getinge opere de maneira eficiente, segura e totalmente automatizada, tanto para usuários finais quanto para aplicativos na nuvem.

“A SD-WAN da Orange Business Services nos ajudou a construir uma infraestrutura segura baseada na nuvem que nos permite enfrentar os desafios de negócios em movimento em um mercado imprevisível. Devido à rápida mudança dos padrões, precisávamos de um serviço preparado para o futuro que nos permitisse dar suporte eficaz ao setor de saúde com os dispositivos de que eles mais precisam – tanto durante a atual pandemia como depois dela”, explica Ludovic Batal, CIO da Getinge.

“A Getinge está em um caminho de transformação com sua infraestrutura SD-WAN. Estamos satisfeitos que a empresa tenha escolhido a Orange como sua parceira nesta jornada de migração de suas operações para a nuvem. Fornecer serviços de rede que sejam eficientes, flexíveis e seguros é a chave para essa mudança”, complementa Fabrice de Windt, vice-presidente sênior da Orange Business Services para o mercado europeu.

Digitalização da Saúde: uma nuvem passageira ou o início de uma nova era?

Artigo anterior

Namu lança aplicativo com serviços para melhoria da qualidade de vida e bem-estar

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais Gestão