NewsNewsletter

Bayer lança aplicativo inovador para ajudar mulheres a entenderem o fluxo menstrual

0

A divisão farmacêutica da Bayer acaba de anunciar o lançamento do aplicativo Fluxo Menstrual para ajudar as mulheres com o cálculo do volume do sangue perdido na menstruação, visando identificar, principalmente, se possivelmente apresentam quadro de Sangramento Uterino Anormal, conhecido como SUA. A novidade chega no mercado como uma inovação tecnológica aliada da saúde feminina e faz parte da terceira edição da campanha ” Não é Normal “, que consiste em divulgar informações de qualidade a respeito da condição.

O SUA é definido pela perda excessiva de sangue menstrual e afeta uma em cada três mulheres, de acordo com Federação Internacional de Ginecologia e Obstetrícia (FIGO). Mas não é só isso. A condição interfere na qualidade de vida dessas mulheres, impactando em aspectos físicos, sociais, emocionais e até materiais.

“Um estudo feito com 6 mil mulheres diagnosticadas com SUA apontou que cerca de 75% delas disseram que a intensidade do fluxo é um grande inconveniente na rotina¹. Elas sofrem em silêncio porque acreditam que o desconforto é normal. Por isso, é fundamental questionar este estigma e estimular as mulheres a identificarem que não é normal se sentir mal e é preciso, muitas vezes, buscar ajuda de um ginecologista. SUA é uma condição médica que precisa ser tratada”, destaca a doutora Thais Ushikusa, ginecologista, obstetra e Gerente Médica de Saúde Feminina na Bayer Brasil.

Desenvolvido em conjunto com a Universidade Britânica de Keele e com o apoio de Intimus marca de cuidados femininos da Kimberly-Clark, a ferramenta, ao ser alimentada diariamente com informações sobre o fluxo menstrual, permite identificar o volume de sangue perdido por meio de pictogramas, um tipo de desenho. O método de quantificação do fluxo menstrual, validado por meio de estudos científicos, consiste na comparação da quantidade de sangue absorvida pelos absorventes íntimos mais utilizados pelas mulheres brasileiras com estes pictogramas.

Ao se cadastrar no app, a usuária deverá informar qual absorvente costuma usar, para que as informações de coleta dos dados menstruais sejam ainda mais precisas. Entre as opções disponíveis, estão os absorventes externos Intimus Dia&Noite, Intimus Tripla Proteção e Intimus Noturno. Há também os absorventes internos Tampax de tamanhos regular, super e super plus e a opção do absorvente interno o.b. ProComfort nos tamanhos mini, médio ou super, e, caso a usuária não esteja usando nenhum dos absorventes descritos para comparação via pictogramas, poderá selecionar a intensidade entre pequenas gotas de sangramento, leve, moderado, intenso ou muito intenso.

Ao final do período menstrual um relatório é gerado e, se o indicador quantitativo de SUA for atingido – mais de 80ml de perda de sangue por ciclo – a ferramenta informará a usuária e a incentivará a agendar uma consulta com um profissional de saúde. Vale lembrar que o aplicativo não substitui a consulta com um médico, que é o único que poderá diagnosticar a condição e oferecer o tratamento correto em cada situação.

A ferramenta já está disponível para download nos sistemas IOS e Android . Além disso, todo o conteúdo relacionado ao aplicativo Fluxo Menstrual também estará disponível na plataforma de Intimus, a Kira (https://www.kira.intimus.com.br), que conta ainda com informações sobre ciclo menstrual, saúde íntima e sexualidade.

Sobre o Sangramento Uterino Anormal (SUA)

É uma condição médica em que o sangramento menstrual excessivo interfere na qualidade de vida da mulher. Em média, o SUA afeta uma em casa três mulheres em algum momento de suas vidas. Os sintomas incluem períodos menstruais abundantes e prolongados, que podem vir acompanhados de anemia, cansaço, fadiga, dores nas regiões abdominal e pélvica. O diagnóstico do SUA é confirmado em caso de perda de sangue de mais de 80ml durante um ciclo menstrual, o que pode culminar em perda de minerais e vitaminas essenciais para o funcionamento do organismo. Muitas mulheres normalizam os sintomas do fluxo excessivo porque não sabem que o SUA é uma condição médica e exige cuidados. Para mais informações acesse o site https://www.suanaoenormal.com.br/pt-br .

KPMG: vacinação contra Covid-19 reforça otimismo dos empresários

Artigo anterior

Produtos de saúde: Alta do dólar eleva exportações setoriais em 10,6%

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais News