quinta-feira, maio 30, 2024
Home News Pronto Atendimento Virtual resolve 88% dos casos, aponta relatório

Pronto Atendimento Virtual resolve 88% dos casos, aponta relatório

por Redação
0 comentário

Nessa quinta-feira,4, a Conexa lançou o Conexão Saúde Integral, seu relatório anual com informações sobre a relevância do crescimento da telessaúde no Brasil. Esse panorama mostra, por meio de números, como e quando a inteligência de dados do formato online passou a impactar vidas.

“A publicação dá um panorama real sobre a evolução e a realidade da saúde integral digital brasileira já que estamos entre as principais referências neste assunto dentro do País”, ressalta Gabriel Garcez, vice-presidente de Saúde Física da startup.

Nesta edição de 2024, a primeira lançada, além de cases relacionados a doenças crônicas, há informações sobre a atuação e efetividade do PA Virtual, em relação à plataforma e doenças pandêmicas e a respeito do Health Analytics. Este último trata-se de uma plataforma de gestão de dados populacionais utilizados para estratégias de trabalhar os cuidados coordenados do paciente.

Alguns dos destaques trazidos pelo relatório:

Pronto Atendimento Virtual resolve 88% dos casos:  Do total de consultas realizadas pela plataforma, cerca de 88% dos casos são resolvidos por meio da telemedicina, reduzindo as idas ao pronto-socorro físico. Atualmente, a Conexa realiza cerca de 66 mil consultas por mês só no PA Virtual. A eficácia das consultas online foi mensurada por meio de uma parceria feita com uma das maiores operadoras de saúde do País. Analisamos dados populacionais deste cliente que registrou 57.130
atendimentos virtuais válidos durante o período de observação (três meses).

Atendimentos no PS Físico geram custos desnecessários para as operadoras: Observando as consultas no PS Físico (de pacientes que não foram encaminhados para um atendimento presencial), foi gerado um custo operacional desnecessário de R$ 1,404 milhão. O valor equivale a 77% do valor total gasto pela operadora com os atendimentos
no PS Físico.

Cerca de 72% dos pacientes afirmaram que iriam ao PS Físico na ausência do P.A Virtual: Quando questionados sobre o que fariam se não tivessem acesso ao PA Virtual, cerca de 72% dos pacientes afirmaram que iriam ao PS Físico. Dessa forma, o custo gerado para a operadora seria 139% maior, sendo uma economia de R$ 6,3 milhões.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias