GestãoNewsletter

rfxcel assina acordo com Hypera Farma para gerenciamento de supply chain e rastreabilidade

0

Empresa global em soluções para gerenciamento de supply chain e rastreabilidade, a rfxcel expande atuação no Brasil, onde mantém operações desde 2018. A companhia acaba de firmar um contrato de cinco anos com a Hypera Pharma, para adaptar os processos internos ao Sistema Nacional de Controle de Medicamentos (SNCM), cujas primeiras adequações são exigidas até dezembro de 2020.

Os trabalhos da rfxcel na Hypera Pharma envolverão os níveis 4 e 5 do processo de rastreabilidade de medicamentos. O nível 4 diz respeito às integrações dos sistemas internos e às conexões externas com parceiros de negócios – incluindo distribuidores e dispensadores.

Já no nível 5, serão configuradas as tecnologias da indústria para gerar relatórios de compliance, destinados aos órgãos reguladores como a Anvisa. Esses documentos contarão com todas as informações sobre a transação e o tráfego do medicamento da saída da fábrica até a destinação final ao varejo farmacêutico ou a hospitais.

Fundada em 2003 no estado da Califórnia (EUA), a empresa se baseia na tecnologia em nuvem para reduzir ineficiências na cadeia de suprimentos de indústrias e atacadistas, vinculadas a setores como farmacêutico, alimentos & bebidas e bens de consumo. Acumula em torno de 1 mil implementações de soluções do gênero, realizadas para mais de 200 clientes nas Américas, Europa e Ásia. Em 2017, atraiu aportes de venture capital da ordem de US$ 30 milhões, o que estimulou seu projeto de expansão geográfica.

“Nossas soluções contribuem para integrar todos os parceiros comerciais da cadeia de suprimentos – fabricantes, atacadistas, distribuidores e dispensadores. E graças ao uso intensivo da computação em nuvem, conseguimos ganhar espaço em novos mercados sem a necessidade de contar com uma base física em cada país”, comenta Vinicius Bagnarolli, diretor de operações na América Latina.Plataforma online

A rfxcel atua no rastreamento de produtos acabados do fabricante até os centros de distribuição ou da matéria-prima da origem até o fabricante. À medida que as matérias-primas e os bens são transportados de um lugar para outro, a companhia utiliza sua plataforma de integração e serialização (rTS) para acompanhar esse processo online e de ponta a ponta. Oferece ainda uma segunda camada (rfxcel Integrated Monitoring – RIM), que pode ser utilizada em conjunto com a serialização para um monitoramento ambiental – da saída da planta até o local de entrega.

“Essa tecnologia permite identificar se o produto encomendado foi impactado por alguma limitação imposta por exportadores como a China ou outro problema de abastecimento em escala global”, exemplifica. “Isso contribui para diminuir riscos de falsificações e problemas com falta de estoque e ruptura”, completa.

Recém-nascidos podem ter identificação biométrica na sala de parto

Artigo anterior

Os benefícios de um ecossistema colaborativo para o Brasil pós-covid

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais Gestão