InovaçãoNewsletter

Anestech Innovation Rising é a vencedora do Empreenda Saúde 2021

0

A NTT DATA Foundation Brasil, que tem por objetivo incentivar o empreendedorismo, a inovação e o compromisso com a sociedade e com o desenvolvimento socioeconômico do país, anuncia que a Anestech Innovation Rising é a ganhadora do Prêmio Empreenda Saúde 2021.

A startup concorreu na final com as soluções Wconnect Tecnologia e Serviços, Youfeel Health, UpFlux, Vetra e Vivax Serviços. A cerimônia foi realizada na noite de 4 de novembro, no Learning Village, em São Paulo, e transmitida on-line para todo o Brasil.

A Anestech Innovation Rising desenvolveu uma solução focada especialmente nos médicos anestesistas, geralmente os primeiros a chegarem e últimos a saírem de um centro cirúrgico, além de registrarem mais de 30 dados diferentes de cada paciente. A solução também conta com uma ficha anestésica digital, o AxReg, que permite ao profissional não só trazer mais segurança aos dados do paciente, como melhor gestão aos processos do hospital.

Ao vencer o VII Empreenda Saúde, a Anestech recebeu o valor de R$ 50 mil, além de um pacote de serviços de mentoria oferecido pela NTT DATA Brasil, a ser realizado em plataforma digital, de natureza gratuita e duração máxima de três meses. Agora, a startup brasileira participará da final do Global eAwards, competição internacional da NTT DATA Foundation, no final de novembro em Madri, na Espanha, e concorrerá a um prêmio adicional de 60 mil euros, aportado pela NTT DATA espanhola; e da NTT DATA Talent Week, uma semana de inovação com seminários e conferências, rodadas de investimentos e reuniões com grandes nomes do mercado europeu, que será realizada entre os dias 22 e 24 de novembro, além de transmissão virtual para o ecossistema global da fundação.

O Empreenda Saúde foi criado para apoiar e promover o empreendedorismo nesse setor, contribuindo para a melhoria das práticas, processos, tecnologias e métodos de gestão no setor de saúde. Nessa sétima edição, a premiação contou com 297 inscrições de todo o Brasil. A premiação contou com o apoio do InovaHC, bem como de seus dois núcleos de inovação associados, o InovaInCor e CITIC; além da Câmara Oficial Espanhola de Comércio, da Associação Brasileira dos Mentores de Negócios (Abmen), da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), da Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS), da empresa de investimentos em tecnologia IP Tekcapital, e da Distrito.

“Vemos a cada edição do Empreenda Saúde o amadurecimento das soluções desenvolvidas por startups e profissionais liberais para o setor de saúde. As iniciativas que avaliamos são inovadoras e muito promissoras, o que nos deixa extremamente satisfeitos por termos dado a oportunidade a estes empreendedores de mostrarem suas soluções para os profissionais da NTT DATA, nossos parceiros e influenciadores importantes do setor de saúde nacional”, ressalta Ricardo Neves, presidente da NTT DATA Foundation Brasil.

Para Diogo Mayorka, Diretor de Operações da Anestech, vencer o prêmio significa, acima de tudo, uma confirmação de que o trabalho está sendo feito da melhor forma possível. “Receber esse ‘carimbo’ da NTT DATA Foundation só nos motiva a continuar evoluindo e crescendo”, afirma. O executivo também entende que o reconhecimento oriundo do prêmio também fará com que investidores olhem com bons olhos o projeto.

Segundo Mayorka, o prêmio de 50 mil reais será fundamental para investir no desenvolvimento e ampliação da solução. De acordo com ele, um dos projetos é utilizar o valor para atrair bolsistas para atuar no setor de Inteligência Artificial da Anestech. “Nosso foco, hoje e desde sempre, são as pessoas. Com o prêmio e o reconhecimento, esperamos poder trazer cada vez mais profissionais de qualidade para nosso empreendimento”, diz

O Empreenda Saúde se tornou referência de inovação e empreendedorismo no mercado nacional. Entre as startups que se destacaram em edições anteriores estão: Epistemic, com solução para detecção antecipada de surtos epiléticos; Fófuuu, software para tratamentos de fonoaudiologia; Phelcom, retinógrafo portátil; Nuclearis , sistema baseado em medicina nuclear; a Neurobots, que criou um exoesqueleto controlado pelo cérebro, que ajuda na recuperação de pacientes que sofreram acidentes vasculares cerebrais (AVCs), e a Cor. Sync, solução para diagnóstico rápido e preciso de infarto, idealizada para ser usada no atendimento de emergência hospitalar. Estas startups ganharam outros prêmios e conseguiram aportes de importantes players do mercado.

Nem Home Office, nem presencial. Serão os dois juntos e misturados?

Artigo anterior

Axxes Saúde recebe aporte de 1,6 milhão para facilitar o acesso a saúde e ao bem-estar

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode gostar