terça-feira, junho 18, 2024
Home Inovação Zeiss lança tecnologia que torna a cirurgia de catarata mais eficiente e segura

Zeiss lança tecnologia que torna a cirurgia de catarata mais eficiente e segura

por Redação
0 comentário

Referência internacional em tecnologia médica, a Zeiss marca presença na 66ª edição do Congresso CBO, evento promovido pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia para debater as principais inovações do setor. Considerado o maior encontro da especialidade nas américas, o CBO 2022 acontece nesta semana, em Curitiba.

Entre as novidades está o lançamento do Zeiss Quatera 700, novo sistema de facoemulsificação desenvolvido pela multinacional alemã para aumentar a eficiência do fluxo de trabalho dos cirurgiões de catarata. A técnica consiste na emulsificação do cristalino turvo — a lente interna do olho — por meio de uma pequena sonda ultrassônica, que quebra e suga os fragmentos do cristalino para fora do olho. Após a realização do procedimento, o médico pode então realizar o implante da lente intraocular (LIO) no olho do paciente.

“Em casos complicados, como em cataratas muito densas ou íris extremamente frágil, onde haveria a necessidade de diminuir substancialmente as configurações cirúrgicas com o dispositivo habitual, o Quatera permite prosseguir com meus valores preferidos como em qualquer outra cirurgia”, relata Enrique Molina Munoz, médico especialista em oftalmologia pela Hamburg Medical Association, na Alemanha.

Com a tecnologia patenteada Quattro Pump, o Zeiss Quatera 700 utiliza um sistema de troca de fluidos sincronizado para permitir a medição e controle dos volumes de irrigação e aspiração de forma simultânea e em tempo real. Considerado um marco na cirurgia de catarata, o equipamento também utiliza energia de ultrassom para ajustar a potência no processo de facoemulsificação e usar a quantidade mínima necessária de fluidos para fazer a quebra da catarata. Outro importante diferencial é que o sistema possui fluxo de trabalho cirúrgico digital e integrado para combinar a utilização de dados de outros dispositivos dentro do Zeiss Cataract Workflow.

“A nova tecnologia representa um marco nas cirurgias de catarata por redefinir o conceito de facoemulsificação, tornando os procedimentos mais eficientes e seguros”, afirma Guilherme Haddad, diretor da divisão médica da Zeiss Brasil. “O novo sistema proporciona uma nova experiência para as cirurgias de faco e permitem que todo o processo seja concluído de maneira mais rápida, incluindo também o tempo de recuperação do paciente”, completa o executivo.

Portfólio de soluções

Durante o congresso, a Zeiss também apresentará outras novidades como a LIO esférica CT Lucia 621P. Aplicada em uma plataforma C-loop hidrofóbica monofocal, a solução também atua na correção da catarata e teve seu conceito de asfericidade projetado para mitigar eventuais problemas de descentralização. Para isso, a arquitetura da LIO foi desenvolvida para permitir um posicionamento estável na bolsa capsular, o que contribui para um resultado mais consistente e satisfatório. E para proporcionar um fluxo de trabalho simples e intuitivo ao profissional médico, a nova geração de lentes intraoculares já está inserida em um novo e aprimorado sistema de injeção totalmente pré-carregado com o produto.

Outra solução que será apresentada no congresso pela marca alemã é o Artevo 800, único microscópio digital tridimensional (3D) com tomografia em tempo real durante as cirurgias oculares. Com um sistema de vídeo composto por duas câmeras 4K de 3 chips, o equipamento possibilita uma visão tridimensional com ampla profundidade através de um monitor 3D de 55 polegadas e 4K de resolução, proporcionando ao cirurgião maior liberdade de movimento e melhor domínio cirúrgico. Essa tecnologia também reduz a intensidade de luz direcional, evitando o ressecamento ocular e a fototoxicidade, conferindo mais conforto e segurança ao paciente.

Por meio do conceito astigmatism management, a empresa também dispõe de uma série de inovações com os produtos da linha Zeiss Cataract Suite Markerless, que permitem o alinhamento tórico, sem marcadores, com a função de assistência computadorizada ocular Callisto eye. Com base nos dados de biometria e imagem de referência do IOL Master 700,transferidos por meio do software Forum, os cirurgiões conseguem visualizar com precisão o eixo correto para o alinhamento nas oculares do microscópio cirúrgico Opmi Lumera i.

Entre as soluções para o diagnóstico e controle do glaucoma, destaque para o Zeiss Humphrey Field Analyzer 3 (HFA3), um campimetro usado para detectar alterações no campo de visão e na percepção visual central e periférica, além de identificar reduções da visão, mesmo que o paciente ainda não tenha percebido. Para isso, o HFA 3 fornece um fluxo de trabalho otimizado por meio da utilização de algoritmos especializados de teste de limite acelerado nas estratégias SITA e SITA Fast.

Destaque também para o retinógrafo de coerência óptica Clarus 700, que é indicado para capturar, exibir, documentar e armazenar imagens para auxiliar no diagnóstico e monitoramento de doenças e distúrbios que ocorrem na retina, superfície ocular e anexos visíveis. Ele fornece modos de imagem em cores reais e de autofluorescência para campos de visão estéreo, amplo, ultra amplo e montagem de campos de visão de até 200 graus.

Outra solução capaz de tratar lesões predisponentes e prevenir o descolamento é o laser de fotocoagulação Zeiss Visulas green, utilizado no tratamento de doenças vasculares na retina, como a retinopatia diabética, a degeneração macular relacionada à idade (DMRI) e o glaucoma.

E para avaliar a efetividade da cirurgia, como também realizar o diagnóstico, a empresa disponibiliza a tecnologia do Cirrus 6000, equipamento de última geração que captura imagens em alta velocidade com detalhes em HD, permitindo uma análise precisa, processamento mais rápido e tomada de decisão baseada em uma variedade de condições clínicas e tipos de pacientes. Para os portadores de glaucoma, por exemplo, é possível fazer uma análise de progressão guiada para controle da doença.

Para apresentar os diferenciais das soluções oferecidas pela empresa, o estande da ZEISS será equipado com duas salas de wetlab dedicados à utilização e do equipamento Zeiss Quatera 700 e uma mesa de apoio para drylab de CT Lucia 621P, com os profissionais da empresa prontos para demostrar o modo de aplicação das duas tecnologias. O conteúdo será ministrado ao longo dos quatro dias de evento.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias