GestãoNewsNewsletter

Neoernergia lança plataforma on-line para acompanhar a saúde dos funcionários e prevenir a COVID-19

0

A Neoenergia acaba de dar início a um projeto piloto para prevenir casos da COVID-19 entre os seus mais de 12 mil colaboradores espalhados em 18 estados do Brasil, por meio da plataforma HealthCheck, desenvolvida pela Neoris, uma aceleradora digital. Inicialmente, a ferramenta foi oferecida aos funcionários da Cosern, concessionária de energia no Rio Grande do Norte, mas será oferecida para todos os colaboradores da empresa nos próximos dias. Pelo computador ou por um aplicativo instalado no celular, os funcionários farão semanalmente o “check-in da saúde”, respondendo a cinco perguntas sobre como se sentem física e emocionalmente, e se estão em isolamento ou não. O objetivo da Neoenergia é, diante das informações, traçar estratégias cada vez mais assertivas para combater o coronavírus .

“Trata-se de uma plataforma de comunicação ágil criada para estabelecer uma base de informações cujo propósito é o cuidado com as pessoas, que são o nosso principal valor”, diz Harley Albuquerque, gerente de saúde e segurança da Neoenergia .

Os funcionários poderão acessar a plataforma em qualquer dia da semana para informar os dados sobre os sete dias anteriores ou quando apresentarem sintomas da COVID-19, como tosse e febre. “Tomaremos medidas de acordo com a avaliação clínica das nossas equipes de saúde. Aqueles que se considerarem ansiosos, por exemplo, receberão, imediatamente, a indicação de aconselhamento psicológico profissional, oferecido pela empresa por meio do programa Mais Apoio”, explica Albuquerque.

Como a plataforma funciona

A plataforma HealthCheck, desenvolvida pela Neoris, uma aceleradora digital, pode ser acessada pelo computador, utilizando os navegadores Mozilla ou Chrome, ou pelo aplicativo do celular (sistemas Android ou iOS). Após digitar as informações de login, o colaborador responde um breve questionário, além de relatar realização de viagens e isolamento nas duas semanas anteriores. De acordo com as respostas, as equipes de saúde da empresa entrarão em contato com o funcionário.

“A ideia foi a de criar uma plataforma de fácil interação para que o cliente conseguisse apontar o estado de saúde dos funcionários, com um analytics para as equipes de RH e de saúde e segurança. De um lado, tem um front-end com input de informações e, do outro, um back-end que permite fazer uma apuração analítica. É uma ferramenta de suporte decisório bastante interessante e que permite, através de uma interface simples, a aproximação com os colaboradores”, afirma Maurício Piazza, gerente de negócios da NEORIS .

Ações de prevenção

A ferramenta faz parte de uma das diversas medidas adotadas pela Neoenergia para a prevenção do contágio. Uma câmera termográfica que afere a temperatura corporal foi outra recente iniciativa preventiva à COVID-19 para os colaboradores aplicada pela companhia. O sistema encontra-se na entrada das instalações de todas as unidades de negócio da empresa, como usinas de geração e sedes das distribuidoras, permitido controle diário dos colaboradores que precisam trabalhar presencialmente. O resultado sai instantes depois. Caso seja detectada uma temperatura igual ou superior a 37,5ºC, o colaborador é orientado a retornar para casa e entrar em contato com o setor de saúde e segurança da Neoenergia para acompanhamento, avaliação de sintomas e realização de exames.

O uso de máscaras e o distanciamento são obrigatórios entre os funcionários. A Neoenergia também tem realizado ações de conscientização, orientando a limpeza constante das mãos e fornecendo produtos de higiene, como álcool em gel.

 LIVE: Futuro do trabalho: como monitorar colaboradores e ambiente de trabalho no periodo pós-Covid

Os esforços de distanciamento social para evitar o colapso diante da pandemia de Covid-19 podem ser necessários, ao menos de modo intermitente, até 2022. É o que estima um grupo de pesquisadores da Escola de Saúde Pública da Universidade Harvard, em artigo publicado na revista Science.

Por esse motivo será essencial para as organizações estabelecerem programa de monitoramento dos colaboradores no ambiente de trabalho e uma política de recursos humanos que atendam os desafios do período pós-Covid-19. A TI INSIDE, que edita o SAÚDE DIGITAL NEWS, promoveu LIVE sobre os assunto no dia 30 de junho. Mais informações no site.

Covid: TIM amplia programa para colaboradores e oferece consultas remotas pelo Einstein Conecta

Artigo anterior

Covid: Adaptive Biotechnologies e Microsoft lançam banco de dados ImmuneCODE

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais Gestão