ArtigosNewsletter

Como a análise de dados melhora as operações e a jornada dos pacientes em hospitais

0

Os casos confirmados para o Covid-19 cresceram exponencialmente e demonstram que é real o atingimento do pico da pandemia nos Estados Unidos, Canadá e América Latina nessa e nas próximas semanas. E como os hospitais podem, se não reduzir, mas ao menos minimizar, os impactos desta situação?

Embora os países estejam adotando diferentes medidas para achatar a curva do Coronavírus e minimizar o colapso da capacidade hospitalar, as lideranças dos hospitais podem tomar medidas adicionais para enriquecer imediatamente a visibilidade e a transparência da jornada do paciente dentro de suas instalações, melhorando a maneira como os recursos são alocados, aprimorando a preparação para o próximo fluxo de pacientes.

Por meio de uma plataforma de análise de dados e mineração de processos em tempo real é possível obter visibilidade e transparência completas do que realmente está acontecendo, consolidando as diversas fontes de dados dos sistemas hospitalares, incluindo processos financeiros e de registro.

Examinando dados de diferentes serviços dentro de um hospital, consolidados e analisados pela plataforma, os administradores podem ver quantos casos e pacientes estão sendo admitidos por dia, semana ou mês e como esses casos progridem em cada serviço.

Com essas informações, o hospital pode tomar decisões oportunas sobre o envio de médicos, enfermeiros e, ou, outros serviços específicos, enquanto trabalha para eliminar o atraso cumulativo e, mais importante, libera todos os recursos disponíveis para as próximas semanas e meses.

Além disso, obter transparência nos processos críticos em execução no hospital torna-se uma grande vantagem para entender onde existem lacunas e gargalos e quais processos precisam ser urgentemente aprimorados para evitar atrasos na rota do paciente.

Através da mineração de processos os registros hospitalares são automaticamente convertidos em fluxos de processos permitindo o pronto entendimento das diferentes atividades e estágios do atendimento dos pacientes do Coronavirus, além da comparação do “caminho ideal” do paciente em todo o hospital com as etapas percorridas por outros pacientes.

Usando esses dados, uma análise de tempo também pode ser realizada. Compreender quanto tempo o paciente leva para percorrer todas as atividades em cada área de serviço é uma informação valiosa para a gerência do hospital revisar e alocar de maneira ideal os recursos onde eles são mais necessários.

Tornar os processos hospitalares mais eficazes deve ser uma prioridade a qualquer momento. No entanto, na atual pandemia do Covid-19, é mais crítico do que nunca. Alcançar total transparência e visibilidade por meio da análise de dados e novas tecnologias permitirá a tomada objetiva de decisões em tempo real pela liderança do hospital, além de atender e tratar os pacientes com mais eficiência e sucesso.

Paulo Eduardo Brugugnoli,  CTO global do gA.

Alto custo ainda é desafio para a digitalização das farmácias, segundo Farmácias APP

Artigo anterior

A indústria farmacêutica e a automação, uma parceria de sucesso

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais Artigos