NewsNewsletter

Fórum Saúde Digital acontece no próximo dia 20 no WTC-SP

0

Nos últimos anos, o setor de Saúde vem modificando fortemente os seus processos gerenciais e de apoio ao atendimento dos pacientes, especialmente na pandemia, que provocou uma sobrecarga de trabalho dos profissionais médicos e das equipes de TI, que necessitavam manter em pleno funcionamento o ambiente tecnológico para que fossem atendidas demandas impostas nos últimos dois anos.

A transformação digital já estava avançando na área da Saúde, mas ela acabou impulsionando o surgimento de novas tecnologias e soluções para dar respostas a diversas situações que não não haviam sido previstas. O Fórum de Saúde Digital – em sua 13ª edição – vai reunir no dia 20 de junho no WTC em São Paulo os principais temas relacionados com a transformação digital de um setor prioritário e que tem recebido a atenção dos especialistas para tornar mais eficiente o atendimento aos pacientes.

Dados da pesquisa TIC Saúde 2021 apresenta um panorama da digitalização do setor e como acontece o uso de tecnologias digitais, revelando uma situação que merece destaque: entanto que 94% das estabelecimentos públicos de Saúde em geral possuem computador e Internet, das 40.600 unidades básicas de Saúde (UBS) – que estão na linha de frente do atendimento à população – cerca de 2.500 não possuem o equipamento e 3.400 não têm acesso à rede. O uso de sistemas eletrônicos para registro de dados dos pacientes passou de 82% em 2019, e para 88% em 2021. Nas UBS houve uma melhora, subindo de 74% para 85% na comparação entre os dois anos, enquanto nas instituições médicas privadas manteve-se estável, em torno de 91%. Também nas UBS, apurou-se que 89% delas possuem algum tipo de sistema eletrônico.

A telessaúde e serviços online também serão abordados pelo Fórum de Saúde Digital 2022 e a mesma pesquisa TIC Saúde 2021 mostra que estas modalidades de atendimento à população passaram a estar mais presentes nos estabelecimentos médicos públicos e privados, passando de 15% em 2019 para 26% em 2021. O telediagnóstico passou de 12% para 20%, e o monitoramento remoto de pacientes subiu de 5% para 20%.

Os especialistas que confirmaram participação dos debates no Fórum de Saúde Digital 2022:

Lincoln de Assis Moura Jr, PhD, especialista em Estratégias de Saúde Digital

Carlos Pappini, CEO do Conecta Médico

Jihan Zoghbi, Presidente da ABCIS e CEO da Dr. TIS

Fernando Paiva, Diretor de Relações Institucionais Lab HL7 Brasil

Douglas Betioli, CEO e fundador da Philo Care

Iseli Yoshimoto Reis, CEO da Fleximedical

Tonimar Dal Aba, Technical Manager da ManageEngine

Gustavo Monteiro, Managing Director do AllowMe

Caroline Rocabado, advogada Sênior da Dasa

Caio Soares, presidente da Saúde Digital Brasil

Raquel Oliveira, especialista em Recursos Humanos e Gestão na Área da Saúde da Rheserva

Max Rabello, especialista em Governança de Dados da MD2

Cristian Rocha, Co-fundador & CEO da LAURA

Augusto Romão, CEO da One Laudos

Monica Venancio, CCaaS Sales Specialist para América Latina na Talkdesk.

Gustavo Artese, titular da Artese Advogados

Lasse Koivisto, CEO e sócio da Prontmed

Priscila Siqueira, líder do Gympass no Brasil.

Paula Gobi Scudeller, diretora Administrativa Saúde Digital HCFMUSP

Renato Velloso, CEO do dr.consulta.

Ailton Brandão, Diretor de TI  (CIO), Digital e Inovação no Hospital Sírio-Libanês

A programação e informações sobre inscrições no site do evento.

Ministério da Saúde lança serviço de teleconsulta para saúde mental pelo SUS

Artigo anterior

Farma Ventures estrutura nova rodada de investimento da E-Doutor Saúde

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode gostar

Mais News