NewsNewsletter

Startup de teleatendimento supera a marca de 15 milhões de usuários na AL

0

A DOC24, startup de saúde digital, superou a marca de 15 milhões de usuários na América Latina. O volume chama a atenção pelo pouco tempo de atividades da empresa fundada em 2016 e que há dois anos contava com ‘apenas’ 3 milhões de clientes finais. A startup atribui esse desempenho à pandemia de covid-19, que contribuiu para difundir mais rapidamente os benefícios do teleatendimento, facilitando o acesso de pacientes aos médicos.

De acordo com o diretor de novos negócios da DOC24, Daniel Prieto, a curva de crescimento se acentuou mesmo a partir do segundo semestre do ano passado. “Muitas empresas viram nessa crise uma oportunidade e passaram a ofertar serviços de videoconsulta sem os cuidados ou infraestrutura adequada. Com o passar do tempo, foi ficando claro que era preciso contar com empresas especialistas no setor, que tivessem uma plataforma robusta, madura, flexível e estável como forma de garantir o teleatendimento”, lembra.

Segundo o executivo, nesse período a procura se intensificou a ponto de a empresa assinar novos contratos quase que diariamente. “Acredito que isso aconteceu por alguns fatores, como a velocidade de implementação da nossa plataforma, que em apenas 20 dias está desenvolvida de acordo com a necessidade de cada cliente, testada e em produção; além da nossa capacidade de oferecer um serviço padronizado em toda a América Latina, o que também é um fator muito relevante”, completa.

Outro impulsionador do crescimento, segundo Prieto, foi a expansão dos negócios para todo o continente. Fundada na Argentina, três anos depois a empresa abriu um escritório no Brasil. “Com a experiência bem-sucedida no maior mercado do continente, passamos a replicar algumas modelos de negócio que deram resultado por aqui, como a construção de parcerias em diferentes segmentos, diversificando o portfólio de produtos e soluções”, explica.

Segundo o executivo, em pouco tempo, a empresa foi conquistando clientes também em outros países, como o Peru, e consolidando seu plano de expansão está sua chegada ao México, o que deve acontecer em breve. “O aumento da demanda pelos serviços de telemedicina em toda a região confirma que estamos no caminho certo. Vamos continuar melhorando o acesso à saúde por meio da inovação tecnológica, para que nossos clientes possam cuidar da saúde das pessoas onde quer que estejam, na hora em que desejarem”, concluiu.

SAÚDE DIGITALK entrevista Guilherme Rabello, head de Inovação do InovaInCor

Artigo anterior

Empresa desenvolve tela braile tátil compatível com iPhone e iPad

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode gostar

Mais News