quarta-feira, maio 29, 2024
Home Artigos Tecnologia e saúde: uma parceria cada vez mais forte e necessária

Tecnologia e saúde: uma parceria cada vez mais forte e necessária

por Alexandre Tibechrani
0 comentário

O avanço da tecnologia trouxe grandes benefícios para a sociedade em diversos setores e na saúde não foi diferente. A medicina cria demandas para a invenção e aprimoramento dos aparatos tecnológicos, e a tecnologia aperfeiçoada proporciona uma série de avanços na área médica, seja na prestação de serviços, novos equipamentos, comunicação, ou até mesmo na educação. 

A partir dessas transformações e avanços, a medicina passou a contar com programas, plataformas, recursos e ferramentas responsáveis por otimizar e simplificar todas as demandas do setor, passando desde o atendimento inicial, realização de exames, contribuindo até procedimentos cirúrgicos e outras necessidades.  

Dentre essas inovações observadas nos últimos anos podemos destacar, por exemplo, os sistemas de gerenciamento de dados clínicos. Além de simbolizar um enorme facilitador para médicos e pacientes na hora de observar e armazenar essas informações, essas plataformas garantem ainda a segurança desses materiais sigilosos, a otimização do atendimento remoto ou presencial, redução de custos e melhor gestão. 

Essa gestão consciente e desenvolvida dos dados obtidos na área de saúde tem assumido um papel importante para a melhora do atendimento médico no país e é apontada como fator primordial para a transformação do sistema de saúde brasileiro, contribuindo para a geração de valor para o segmento. Isso porque, esse tipo de trabalho analítico diante das informações elimina desperdícios de recursos, de tempo e garante qualidade assistencial para os pacientes.  

Pensando mais a fundo, é preciso destacar ainda o impacto positivo conquistado através do uso da tecnologia em atividades mais complexas da medicina, como por exemplo exames cada vez mais avançados e complexos, garantindo diagnósticos cada vez mais precisos, além de cirurgias menos invasivas e problemáticas, sobretudo quando não raro se utilizam do auxílio da robótica nesses procedimentos.  

A somatória de todos esses fatores é a garantia cada vez mais viável da sociedade ampliar não só a longevidade, mas também propiciando que essa trajetória seja qualificada. Até por isso, a expectativa é de que os setores tecnológico e médico caminhem cada vez mais próximos. Não à toa, um estudo da International Data Corporation revelou que o investimento em tecnologia na área da saúde na América Latina deve ultrapassar a marca de 10 bilhões de reais. 

Todo esse aparato tecnológico inserido no setor medicinal garantiu, não só melhorias no atendimento e tratamento, mas também possibilitou a geração de uma quantidade massiva de dados sobre os pacientes. Uma prova disso foi que o segmento passou a buscar no mercado, além de desenvolvedores de programas, analistas de dados para ajudar na organização e tratamento destas informações, com o objetivo de identificar padrões e, consequentemente, ajudar na tomada de decisões mais assertivas. 

Com tudo isso exposto, está claro que saúde e tecnologia evoluirão cada vez mais juntas. Até porque, hoje já se tornou evidente que a atuação desses segmentos é responsável por ganhos efetivos no bem-estar psicológico e físico da sociedade, além de gerar empregos em todos os departamentos, inclusive nos de tecnologia. Cabe desfrutarmos do que já está disponível e acompanhar tudo que ainda está por vir.  

*Alexandre Tibechrani, General Manager Americas da Ironhack, escola global de tecnologia e programação.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias