quarta-feira, junho 19, 2024
Home News Startup que capacita autistas para o mercado de trabalho abre inscrições para empresas interessadas em aumentar sua neurodiversidade

Startup que capacita autistas para o mercado de trabalho abre inscrições para empresas interessadas em aumentar sua neurodiversidade

por Redação
0 comentário

A Adapte, startup de educação inclusiva, abriu as inscrições para empresas interessadas em contratar autistas e aumentar a neurodiversidade e o grau de ESG do seu negócio.

No ato do cadastro, as organizações deverão informar contatos de email e whatsapp, as áreas de interesse de contratação e se já há PCDs no quadro de colaboradores.

As organizações selecionadas participarão do CooTEA, programa de impacto social que promove a inclusão autistas no mercado de trabalho. O projeto disponibiliza treinamentos adaptados e realiza a supervisão de empresas e pessoas do Espectro Autista integrantes da iniciativa. Aproximadamente 100 autistas já foram capacitados pelo projeto, que está na segunda edição este ano.

Após a triagem de inscritos que ocorrerá no mês de março, as empresas eleitas para participar do programa receberão capacitação da Adapte sobre como se preparar para acolher de maneira inclusiva e empática pessoas neurodivergentes no quadro de colaboradores. Além disso, a startup analisará o tipo de vaga que a organização oferece e fará o cruzamento das informações com o perfil dos alunos formados, proporcionando mais assertividade ao processo de contratação.

O fundador da Adapte, Emanuel Santana, explica que a inclusão de autistas no quadro de colaboradores vai além de uma ação socialmente responsável. “Também é a prova de uma estratégia empresarial inteligente, que traz inovação e crescimento para toda comunidade”, comenta.

A segunda edição do CooTEA promoverá, ainda, uma formação técnica de seis meses em Programação para uma turma de 25 jovens autistas. Os estudantes participarão de uma qualificação focada em habilidades comportamentais e sociais e serão avaliados por uma comissão de especialistas da Poli-USP, a escola politécnica da USP, chancelando a aptidão profissional para o mercado.

A Adapte conta com o apoio da Adobe no apadrinhamento dos custos de licenças do software usados, e da Alura, que concedeu todo o material didático para a formação profissional.

O processo é gratuito e ocorre de forma online, por meio do link do portal: https://www.adapte.com.vc/, até o dia 29 de fevereiro.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias