NewsNewsletter

ONG paulista leva odontologia humanizada para comunidades em situação de vulnerabilidade

0
foto: Daniel Pascotto

De acordo com dados do CFO (Conselho Federal de Odontologia), atualmente, no Brasil, há registro de mais de 344 mil cirurgiões dentistas. Isso significa que, em média, existe um dentista para cada 615 brasileiros, uma quantidade considerada ideal quando comparada a proporção da população.

Porém, na prática, o que se verifica é que a maioria da população não tem acesso aos tratamentos odontológicos em virtude de seu alto custo e o país se classifica como um dos com o maior número de desdentados. Para se ter ideia, segundo dados divulgados pelo IBGE e Ibope em 2018, 16 milhões de brasileiros vivem sem nenhum dente.

Além disso, cerca de 55,6% da população não se consulta com o dentista anualmente. No Norte e no Nordeste, os índices são ainda piores: 65,6% e 62,5%, respectivamente.

A falta de acesso aos tratamentos odontológicos, além de impactar na questão social, que envolve problemas de autoestima e fala, também prejudica a saúde de modo geral, já que infecções na boca podem atingir diversos órgãos do corpo, levando a sérias complicações.

Pensando em oferecer mais saúde e acesso à tratamentos odontológicos, a ONG paulista Por1Sorriso faz a diferença atuando em comunidades em situação de vulnerabilidade. Desde 2015, a Por1Sorriso já impactou a vida de mais de 15 mil pessoas, oferecendo tratamentos odontológicos e médicos gratuitos.

Huawei lança smartwatch voltado para a saúde e bem-estar

Artigo anterior

ANS inclui dois novos conjuntos de dados no Portal de Dados Abertos

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais News