NewsNewsletter

Startup criar solução para atender demandas da LGPD na área de saúde

0

Para atender a demanda da LGPG, a startup de Porto Alegre, a Privacy Tools, desenvolveu uma plataforma que vem sendo utilizada para realizar o mapeamento e fluxos de dados pessoais, gerenciamento do consentimento de pacientes, atendimento aos titulares, gestão de cookies e políticas de privacidade.

Um dos principais clientes é a Rede D’Or, rede de hospitais que conta com mais de 50 hospitais e 40 clinicas oncológicas em todo o Brasil. Com mais de 87 mil médicos, 51 mil colaboradores e com mais de 4 milhões de atendimentos de emergência anualmente o grupo hospitalar é referência no diagnóstico e tratamento do câncer na América Latina. Assim como todas as empresas que tratam grandes volumes de dados pessoais, a Rede D’Or tratou logo de buscar adequação em seus processos para garantir a privacidade dos pacientes, familiares e colaboradores.

“É possível uma empresa iniciar e já ter resultados em poucos dias, mas é muito importante que a LGPD seja vista como um ativo para a organização pois todos os processos que envolvam tratamento de dados pessoais precisam ser revisitados. A nossa ferramenta é essencial para as empresas, mas ela sozinha não vai tornar a empresa adequada, é necessário envolvimento e dedicação de todos os times nessa jornada pela privacidade”, diz a CEO da Privacy Tools, Aline Deparis (foto).

Para Ariel Dascal, CDO – Chief Digital Officer da Rede D’OR, “O projeto foi implantado de forma rápida eficaz pelo time de tecnologia e jurídico do grupo com apoio do suporte técnico especializado da Privacy Tools e, em pouco tempo, os principais módulos estavam disponíveis e em execução na empresa.” conta.

A PrivacyTools faz parte do Grupo MVN, que hoje abriga também a Maven Inventing Solutions, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul. A startup visa transformar a forma como as empresas protegem e gerenciam a privacidade dos dados pessoais e conta com clientes incluindo o Grupo E-sales, CRM Piperun, Grupo RBS, Banco RCI, Senff, entre outros de diversas áreas. A empresa é gerida pela CEO Aline Deparis, o CTO Marison Souza e acelerada pela OBr.global, em nome de Robert Janssen.

Respirador israelense promete abolir o distanciamento

Artigo anterior

Farmácia Indiana amplia fidelização com plataforma Clinicarx

Próximo artigo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode gostar

Mais News