NewsNewsletter

Grupo Sabin assume controle acionário da Amparo Saúde

1

“Com este movimento, fortalecemos a estratégia do Grupo Sabin na ampliação de cuidados integrados e na construção de um ecossistema de saúde que assegure a melhor experiência do cliente e desfechos clínicos”. Dessa forma a presidente do Grupo Sabin, Lídia Abdalla anuncia ao mercado que o Grupo assumiu o controle acionário da Amparo Saúde.

Criada em 2017, a Amparo Saúde se tornou referência em Atenção Primária à Saúde (APS), investindo no desenvolvimento de tecnologias a partir da análise de dados que tornam os atendimentos médicos mais humanos, eficientes e a custos mais acessíveis. Além dos serviços de telemedicina, a healthtech de APS, conta com unidades físicas localizadas na Região Metropolitana de São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro e Brasília. A empresa atende as maiores operadoras de saúde brasileiras com uma equipe de cuidado coordenado que abrange médico de família, equipe de enfermagem, farmácia, nutrição e psicologia. O time completo acompanha o paciente durante toda a jornada de cuidado e resolve cerca de 85% dos casos, beneficiando todo o sistema de saúde.

Lídia Abdalla

A dedicação ao cuidado coordenado da saúde, inspiraram o Grupo Sabin a investir, em 2018, na aquisição de 17% da startup. Em menos de um ano, o acordo motivou um novo aporte do Sabin, que alcançou 30% de participação da Amparo. Em dezembro de 2019, a união resultou na primeira unidade de APS In Company no Brasil. Criado em Brasília, o espaço proporciona atendimento individualizado e assistência primária à saúde aos mais de 2.700 colaboradores do Sabin.

Por meio do Centro de Telessaúde, desenvolvido para atendimento na telemedicina, a healthtech ganhou mais notoriedade e relevância em 2020, diante do cenário de pandemia. Atualmente a empresa atende em sua estrutura física e digital mais de 90 mil pacientes ao ano.

O anúncio da nova negociação, feito em menos de mês após a aquisição do Hemos Laboratório Médico, em Blumenau, é mais um passo para o crescimento do Grupo Sabin no Brasil e dá continuidade ao ciclo de investimentos em aquisições que já superou a marca de R$ 420 milhões nos últimos nove anos. “Essa nova aquisição faz parte dos planos de diversificação dos negócios do Grupo com o foco na integração da cadeia produtiva, trazendo novas sinergias para o Rita Saúde, o centro de saúde digital do Sabin”, estimou a presidente.

O novo movimento da empresa é um avanço da estratégia de ampliação da jornada coordenada da saúde. “A crise gerada pela pandemia e a necessidade de ampliação do acesso a serviços de saúde no país estimularam os investimentos em serviços que reforçam a entrega de valor na gestão de saúde populacional, integrando a cadeia de saúde e contribuindo para operadoras, autogestões e empresas nos cuidados a seus beneficiários e colaboradores.”

Grupo Sabin

Investimentos na integração da assistência à saúde, que enxerga o paciente como um todo, não focando apenas na doença, sempre figuraram entre as prioridades do Grupo e inspiraram a criação do seu primeiro centro de saúde digital, o Rita Saúde. A plataforma desenvolvida para democratizar o acesso à saúde, foi lançada em março deste ano no Brasil. “Não há como negar que a evolução dos recursos e ferramentas tecnológicas têm sido nossos aliados diante dos desafios para entregar medicina com inovação e qualidade. Por isso, destinar recursos é sinônimo de assegurar respostas efetivas e eficientes na oferta de negócios que garantam a melhor experiência dos clientes e integrando parceiros e fornecedores. É um ecossistema inovador, que garante saúde de forma planejada prática, moderna e facilitada”.

Desenvolvida dentro dos conceitos de saúde 5.0, com as pessoas estão no centro do cuidado, a plataforma integradora oferece uma rede virtual de assistência, com atendimento em telemedicina, integração dos registros de saúde, além de interação da equipe médica durante toda a jornada de cuidados. Estruturada nos pilares da medicina participativa, preventiva e preditiva, o Rita Saúde disponiliza também atualmente consultas com especialistas focais, serviços de análises clínicas e diagnóstico por imagem, portfólio de vacinas, medicamentos e outros serviços oferecidos por meio de sua rede própria e de parceiros das empresas, integrando assim diversos elos da cadeia de saúde.

A plataforma permite também financiamento de forma colaborativa por stakeholders (crowdfunding), pacientes e copatrocinadas por empresa ou iniciativas da sociedade civil, atendendo à proposta de ampliar acesso à saúde por meio de uma nova forma de custeio. “Com o Rita Saúde preenchemos as lacunas da assistência à saúde e podemos impactar positivamente o maior número de pessoas. Em um país onde oferecer saúde a custo mais baixo é desafiador, vemos o centro de saúde digital do Sabin se consolidando como importante aliado da vida dos brasileiros”.

Além de tornar mais acessível a saúde de qualidade o centro também contribui significativamente para a sustentabilidade do setor, por meio dos impactos dos resultados. A executiva explica ainda que o Rita Saúde permite também que financiadores sociais façam contribuições às pessoas em situação de vulnerabilidade. Ainda este ano vamos integrar ao centro digital uma nova modalidade de assinatura econômica dando aos clientes acesso a exames, medicamentos e consultas com especialistas a preços bastante atrativos”, destacou.

A inovação no DNA e os pilares estratégicos de ESG (Environmental, Social and Governance), que envolvem todos os aspectos ambientais, sociais e de governança do Grupo Sabin, inspiram a atuação da empresa para seguir fortalecendo cada vez mais o sistema de saúde brasileiro e o Rita Saúde é mais uma das entregas de produtos e serviços de consistência que consolida a empresa como um dos maiores players do setor, além de influenciar as inciaitivas e os investimentos para uma atuação de impacto positivo, priorizando os valores que pautam sua atuação: ética, respeito à vida, inovação e responsabilidade social, para cumprir seu principal compromisso de oferecer serviços de saúde com excelência. “Nossos investimentos têm objetivos estratégicos de resultados: diversificar nosso portfólio, fortalecer a cadeia de saúde do país, mas, sem dúvida, nossa prioridade é com o cuidado coordenado e individualizado com a saúde de milhões de pessoas que todos os anos confiam na gente o seu bem maior: a vida”, finalizou.

Como as ferramentas de workflow podem auxiliar na gestão das empresas de saúde

Artigo anterior

5×5 TEC Summit discute a digitalização da saúde nesta terça-feira, 7

Próximo artigo

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode gostar

Mais News