terça-feira, junho 18, 2024
Home News Atlântica Hospitais e Einstein criam joint venture para construir hospital em SP

Atlântica Hospitais e Einstein criam joint venture para construir hospital em SP

por Redação
0 comentário

A Atlântica Hospitais e Participações, empresa do Grupo Bradesco Seguros, e o Hospital Albert Einstein formam uma joint venture para a construção de um novo hospital na Vila Mariana, na capital paulista. Com a iniciativa, a Atlântica Hospitais visa aumentar a estrutura assistencial no país, por meio da atividade hospitalar, e fomentar a capilaridade de ativos médicos privados. Já para o Einstein, a operação irá fortalecer as suas atividades enquanto sociedade civil sem fins lucrativos, uma vez que permitirá à organização compartilhar expertises ligadas à excelência na assistência, ampliando o acesso da população aos serviços de saúde de qualidade.

A Atlântica terá controle da nova unidade, enquanto o Einstein fará a gestão e a operação do hospital, sendo responsável também pela contratação e treinamento do corpo clínico e funcionários. A construção do hospital será de responsabilidade da BSP Empreendimentos Imobiliários, empresa que integra o Grupo Bradesco Seguros.

Com investimento total estimado em R$ 600 milhões, o hospital geral deverá ter as obras finalizadas em 2027 e vai contar com 300 leitos com acomodações individuais (60 para UTI adulto), todas as especialidades médicas, além de maternidade, UTI neonatal, pediatria e UTI Infantil. O espaço vai dispor de 20 salas de cirurgia com tecnologias de vanguarda, inclusive para robótica, centro de parto humanizado, duas salas de hemodinâmica e medicina intervencionista para procedimentos minimamente invasivos guiados por tomografia e ultrassonografia.

Além disso, o hospital contará com um conjunto completo de serviços de medicina diagnóstica, com tomografia computadorizada, ressonância magnética, ultrassonografia, radiologia, endoscopia, anatomia e análises clínicas. A nova unidade ainda terá um Centro de Infusão para quimioterapia e imunobiológicos e pronto atendimento adulto e infantil.

De acordo com Carlos Marinelli, diretor geral da Atlântica Hospitais e Participações, empresa responsável pelas iniciativas de gestão e investimentos de ativos de saúde do Grupo Bradesco Seguros, o novo hospital reitera o foco da companhia na ampliação da estrutura assistencial privada no país de forma sustentável. “Ao unir forças, podemos proporcionar o acesso a serviços de referência em saúde para uma parcela cada vez maior da sociedade. Entre os fatores preponderantes para a sustentabilidade de um projeto em saúde estão os recursos humanos de excelência, foco em serviço humanizado e desfecho clínico de qualidade, buscando proporcionar um equilíbrio no balanço de custo-benefício para a população”, afirma Marinelli.

Segundo Sidney Klajner, presidente do Einstein, a iniciativa vem ao encontro do compromisso da organização de, desde sua fundação, perseguir a excelência na assistência à saúde e levar esse conhecimento a toda a sociedade não somente em suas unidades privadas em São Paulo e em Goiânia, mas também por meio da gestão das unidades públicas de saúde, dos 41 projetos com o Ministério da Saúde por meio do PROADI-SUS, das pesquisas científicas realizadas e pela consultoria a instituições de saúde Brasil afora ou do desenvolvimento de inovações em diversos âmbitos.

“Enquanto organização filantrópica, nossa missão é gerar e compartilhar conhecimento na área da saúde, em vários aspectos. Todos os nossos esforços são direcionados a aprimorar, a inovar, a capacitar, a investir em novas descobertas baseadas na ciência para entregar mais saúde. A nova operação vem justamente fortalecer esse propósito porque permitirá que mais pessoas tenham acesso à saúde de qualidade”, diz.

Hoje, o Einstein atua no setor privado hospitalar em suas unidades no Morumbi, em São Paulo, e em Goiânia. Na área pública, é responsável pela gestão de 29 unidades, sendo dois hospitais, duas UPAs (Unidade de Pronto Atendimento), 14 UBS (Unidades Básicas de Saúde), quatro CAPS (Centros de Atenção Psicossocial), três AMAs (Unidades de Assistência Médica Ambulatorial), uma AMA especialidades, dois serviços de residência terapêutica em São Paulo e um hospital municipal em Aparecida de Goiânia.

Já na atenção primária, a instituição de saúde assiste os pacientes em unidades ambulatoriais e conta com um amplo portfólio de soluções de cuidado para organizações, ou seja, oferece consultoria de gestão de saúde populacional e atendimentos de atenção primária.

Outro exemplo desta atuação focada na criação e disseminação de boas práticas com base em protocolos assistenciais e evidências científicas é por meio do Escritório de Excelência Einstein, braço especializado no desenvolvimento de projetos colaborativos com instituições públicas e privadas, pelos quais é possível criar uma comunidade de aprendizagem e compartilhamento de conhecimentos com diferentes organizações e culturas.

Na área privada, destacam-se projetos como o Parto Adequado, para redução de cesárias e da mortalidade materna, assim como outros desenvolvidos em parceria com a Agência Nacional de Saúde (ANS) e com a indústria farmacêutica. “Temos uma larga experiência na preparação, condução, execução de projetos de gestão de hospitais de alto nível não só no Brasil, mas também na América Latina e levaremos estas ações para a construção e gestão do novo hospital”, informa Klajner.

O novo hospital estará localizado próximo à estação de metrô Ana Rosa, na região da Avenida Paulista.

Notícias relacionadas

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este website.

SAÚDE DIGITAL NEWS é um portal de conteúdo jornalísticos para quem quer saber mais sobre tendências, inovações e negócios do mundo da tecnologia aplicada à cadeia de saúde.

Artigos

Últimas notícias